Edição do dia

Terça-feira, 18 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
29 ° C
29.9 °
28.9 °
94 %
4.1kmh
40 %
Ter
30 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioGrande ChinaDelegação de congressistas norte-americanos inicia visita a Taiwan

      Delegação de congressistas norte-americanos inicia visita a Taiwan

      Uma delegação de congressistas norte-americanos chefiada pelo presidente da Comissão das Forças Armadas, Mike Rodgers, está em Taiwan, onde se vai reunir com a líder do Governo, Tsai Ing-wen, disseram ontem fontes oficiais.

      Trata-se de uma das delegações mais numerosas dos Estados Unidos a visitar Taiwan nos últimos anos, disse o Ministério dos Negócios Estrangeiros de Taipé em comunicado acrescentando que o grupo chegou ao país na terça-feira.

      De acordo com a agenda oficial divulgada pelo Instituto Americano de Taiwan, os congressistas dos Estados Unidos vão encontrar-se com outros altos funcionários de Taipé com quem vão abordar assuntos relacionados com a segurança regional, investimentos e relações comerciais.

      O Instituto Americano de Taiwan disse ainda que a chegada dos congressistas enquadra-se numa visita “mais ampla” à região Indo-Pacífico.

      O presidente da Comissão das Forças Armadas (House Armed Services Committee), Mike Rodgers, é acompanhado por Adam Smith, Joe Courtney, John Garamendi, Jill Tokuda, David Rouzer, Gary Palmer, Jim Moylan e Cory Mil, entre outros.

      As visitas de representantes dos Estados Unidos a Taiwan têm sido regulares nos últimos anos, mesmo durante os períodos mais tensos nas relações entre Pequim e Washington. Em Agosto do ano passado assinalou-se uma crise política provocada pela deslocação de Nancy Pelosi, na altura presidente do Congresso dos Estados Unidos, a Taipé.

      Este ano, Pequim apresentou protestos contra a visita da líder do Governo de Taiwan a Los Angeles, Estados Unidos, com quem se reuniu com Kevin McCarthy, sucessor de Pelosi.  Os Estados Unidos, maior fornecedor de armamento a Taiwan, são o principal aliado internacional de Taipé.

       

      Taiwan detecta dois navios de guerra russos junto à costa da ilha

      Taiwan detectou dois navios de guerra russos junto à costa na terça-feira, disse ontem o Ministério da Defesa da ilha, que respondeu com o envio de embarcações e aviões para acompanhar os movimentos russos. As fragatas russas foram “detectadas a navegar de norte a sul nas águas” da costa leste de Taiwan às 23:00 de terça-feira, informou o ministério, num comunicado.

      O ministério disse que as Forças Armadas taiwanesas acompanharam a situação e responderam com o envio de aeronaves e barcos e com a ativação de sistemas de mísseis terrestres.

      Há meses que Taiwan regista, todos os dias, a presença de aeronaves e navios de guerra chineses à volta da ilha, mas a presença de embarcações russas é invulgar.

      Um “destacamento de navios de guerra da Frota do Pacífico entrou no Mar das Filipinas depois de cruzar o Mar da China Meridional”, também conhecido por Mar do Sul da China, disse a agência de notícias oficial russa Interfax.

      Os barcos realizaram várias manobras, incluindo “uma batalha naval simulada para repelir um ataque de míssil de um inimigo fictício vindo do mar”, segundo a Interfax.

      Assim como os Estados Unidos, o principal aliado de Taipé, e muitos países europeus, Taiwan impôs sanções a Moscovo desde a invasão da Ucrânia, principalmente na exportação de componentes para computadores e máquinas, setor no qual a ilha se destaca.

       

      Lusa

      ViaLusa
      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau