Edição do dia

Terça-feira, 18 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
30.6 ° C
33.2 °
29.9 °
89 %
4.6kmh
40 %
Ter
31 °
Qua
31 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioCultura"On the Road", um festival de cinema que põe o foco nos...

      “On the Road”, um festival de cinema que põe o foco nos novos realizadores locais

       

      Realiza-se entre os dias 28 de Junho e 16 de Julho o festival de cinema “On the Road”, que tem como foco a apresentação de novos cineastas locais. Este ano, o festival vai apresentar na Cinemateca Paixão 18 filmes, incluindo cinco obras do realizador local António Faria.

       

      Nesta terceira edição do festival de cinema “On the Road”, serão apresentados, no total, 18 filmes. Este festival, que tem como objectivo dar a conhecer os novos cineastas locais, realiza-se na Cinemateca Paixão entre os dias 28 de Junho e 16 de Julho.

      Jenny Ip, responsável pela gestão das operações da Cinemateca Paixão, explicou ao PONTO FINAL que, numa primeira vertente, o “On the Road” pretende dar destaque aos jovens realizadores e cineastas locais, através da recepção de projectos cinematográficos de estudantes de cinema de Macau. Assim, os jovens realizadores de Macau podem apresentar os seus filmes para depois serem exibidos neste festival. Depois da recepção dos projectos, os filmes serão avaliados por um júri de cinco especialistas de Macau, de Hong Kong e do interior da China. Do total dos projectos recebidos, serão escolhidos entre quatro e cinco para serem exibidos no “On the Road”.

      Numa segunda vertente, este festival vai exibir produções cinematográficas locais. Neste âmbito, serão exibidas dez curtas-metragens de realizadores de Macau. Entre elas, “Tricycle Thief”, de Maxim Bessmertny, por exemplo.

      Este ano, o realizador em foco neste “On the Road” é o cineasta local António Faria, que vai apresentar pela primeira vez em Macau o filme “The Beautiful Game”. “Nós estamos em contacto próximo com ele e reparámos que o filme dele [“The Beautiful Game”] estava já preparado para ser exibido este ano e ele estava à procura de distribuição e promoção, por isso achámos que este festival seria um excelente começo”, indicou Jenny Ip. Além da estreia do seu mais recente filme, também serão exibidas outras três curtas-metragens do realizador de Macau.

      “O António [Faria] tem uma grande cinematografia e queremos que seja um festival diversificado, é por isso que queremos também contar com a diversidade do seu trabalho”, acrescentou a responsável da Cinemateca Paixão.

       

      Plano de subsídios para a indústria do cinema visto com bons olhos

       

      No final de Maio, o Governo apresentou dois planos de subsídios para a indústria cinematográfica local. Questionada sobre o desenvolvimento da indústria do cinema em Macau, Jenny Ip aplaudiu a iniciativa do Governo e assinalou que há já equipas do sector da Tailândia que pretendem vir filmar a Macau para tirarem proveito dos benefícios. “Eles ficaram muito satisfeitos e disseram que vão ver se têm projectos onde possam encaixar cenas em Macau”, afirmou a responsável da Cinemateca Paixão. “É um excelente apoio do Governo”, sublinhou. Através deste apoio financeiro, o Governo pretende incentivar e atrair a vinda de equipas de filmagem do exterior a Macau para filmagem ‘in loco’, “proporcionando às empresas cinematográficas e televisivas mais oportunidades de participação na filmagem de produções cinematográficas e televisivas do exterior, de modo a elevar os conhecimentos e a experiência dos profissionais locais e permitir a divulgação e distribuição de obras cinematográficas e televisivas com elementos de Macau”, indicou na altura o Executivo.