Edição do dia

Segunda-feira, 17 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
27.9 ° C
29.9 °
27.9 °
94 %
4.6kmh
40 %
Dom
28 °
Seg
30 °
Ter
30 °
Qua
30 °
Qui
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioPolíticaSecretário para a Segurança de Hong Kong quer reforçar cooperação com Macau

      Secretário para a Segurança de Hong Kong quer reforçar cooperação com Macau

      Chris Tang, secretário para a Segurança de Hong Kong, esteve em Macau na terça e quarta-feira, onde se encontrou com o seu homólogo da RAEM e com o Chefe do Executivo da região. Na reunião com Ho IatSeng, foram trocadas impressões sobre o reforço da cooperação e intercâmbio bilateral, designadamente a circulação das pessoas e a facilitação da passagem fronteiriça entre Macau e Hong Kong, a construção das instalações dos postos fronteiriços e a prevenção de desastres e plano de contingência, lê-se num comunicado do Governo de Macau.

      No encontro, Ho Iat Seng lembrou que Macau e Hong Kong têm mantido “relações bastante estreitas, com trocas frequentes entre os residentes e uma boa comunicação e cooperação entre os governos das duas cidades”. Por outro lado, destacou que “a experiência bem-sucedida de Hong Kong em muitos assuntos serve de referência a Macau”.

      Ho disse ainda esperar que ambas as partes possam continuar a reforçar a cooperação e a comunicação a nível do trabalho policial, do combate a crimes transfronteiriços, da troca de informações, da gestão de migração e da facilitação da passagem fronteiriça.

      Por seu turno, Chris Tang também apontou que “Hong Kong e Macau mantêm ligações muito estreitas tendo em conta que ambas possuem situações semelhantes a nível de política, economia, sociedade e da vida da população, o que também evidencia uma boa cooperação nestes domínios”. O governante da região vizinha disse também esperar, através desta visita, “reforçar a colaboração entre as duas partes em termos de operações de resposta a emergências, do combate a crimes e tráfego transfronteiriço, bem como adquirir mais conhecimento com a experiência de Macau”.

      Chris Tang encontrou-se também com Wong Sio Chak, secretário para a Segurança de Macau. No encontro, Wong Sio Chak assinalou que “Macau tem vindo a envidar muitos esforços para reformar a gestão da segurança da protecção civil, esperando que seja melhorada a eficiência da resposta a desastres naturais e outros incidentes súbitos de natureza pública”.

      Em termos de gestão de respostas a emergências, “Hong Kong tem experiências ricas que merecem ser alvo de estudo e de aprendizagem por parte de Macau”. O secretário para a Segurança manifestou o desejo de que, no futuro, “sejam reforçados o intercâmbio e as relações de cooperação entre as duas regiões de Hong Kong e de Macau, para, em conjunto, defenderem a segurança e a estabilidade da Grande Baía”.

      Na manhã de terça-feira, o secretário para a Segurança de Hong Kong acompanhou a delegação numa visita ao Centro de Operações de Protecção Civil no Pac On, na Taipa, para se inteirar sobre a classificação e o mecanismo de resposta aos incidentes de emergência pública em Macau, o regime legal relevante, o trabalho da protecção civil e o funcionamento e alerta prévio do Centro.

      Na parte da tarde do mesmo dia, a delegação visitou ainda o Corpo da Polícia de Segurança Pública (CPSP) e a Polícia Judiciária (PJ). Na manhã de quarta-feira, a delegação da região vizinha deslocou-se ao Posto Fronteiriço Qingmao para estudar, analisar e compreender a situação do funcionamento do modelo de passagem transfronteiriça de “Inspecção Fronteiriça Integral”, tendo, por último, saído de Macau pelo Posto Fronteiriço em direcção a Zhuhai, finalizando a sua visita a Macau.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau