Edição do dia

Quarta-feira, 19 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
chuva fraca
30.9 ° C
32.9 °
30.9 °
84 %
5.1kmh
40 %
Qua
31 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °
Dom
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioPolíticaDeputados defendem regresso do cartão de consumo e aumento salarial da função...

      Deputados defendem regresso do cartão de consumo e aumento salarial da função pública  

      Vários deputados lançaram novamente o pedido de novo cartão de consumo para os residentes. Na reunião da Assembleia Legislativa de ontem. José Pereira Coutinho, Nick Lei e Song Pek Kei assinalaram os “pesados encargos” das famílias mais desfavorecidas, considerando ser necessário e urgente o Governo tomar determinadas medidas para melhorar a qualidade de vida da população. Foi solicitado ainda um ajuste de ordenado dos funcionários públicos, para recuperar a sua moral de trabalho.

       

      O aumento do custo de vida quotidiana, o congelamento de salário e a diminuição no consumo interno voltaram a dominar a discussão no Hemiciclo. Devido às dificuldades financeiras dos residentes que continuam a existir hoje em dia, para os deputados José Pereira Coutinho, Nick Lei e Song Pek Kei, o relançamento do cartão de consumo e aumento de salário, sobretudo para os funcionários públicos, poderiam ajudar a resolver o assunto.

      O deputado José Pereira Coutinho, na sua intervenção antes da ordem do dia da reunião plenária da Assembleia Legislativa de ontem, referiu que, devido ao fim dos cartões de consumo e à não concessão aos idosos das sete mil patacas provenientes do Fundo de Previdência Central Não Obrigatório, muitas famílias estão a enfrentar grandes problemas para pagar as contas, nomeadamente as famílias que têm a cargo idosos, familiares deficientes, desempregados, bem como as famílias monoparentais e os trabalhadores da linha de frente da função pública e de baixos rendimentos.

      “Após cinco meses de rigorosas medidas antiepidémicas, implementadas desde Dezembro de 2019, podemos verificar que muitas famílias dos bairros mais populosos continuam a sofrer das consequências dos terríveis efeitos dessas medidas, afectando ainda hoje a sua qualidade de vida”, destacou o deputado, ao recordar os impactos económicos em Macau durante a pandemia.

      José Pereira Coutinho alertou para a diminuição do poder de compra dos residentes, o que vai levar, afinal, ao encerramento de empresas locais, à redução de postos de trabalho e ao aumento do desemprego. Nesse sentido, os residentes vêem-se obrigados a consumir nas regiões vizinhas, onde os bens e serviços são mais baratos, prejudicando o consumo interno.

      A situação motivou também o deputado Nick Lei a urgir o Governo a atribuir mais uma ronda de assistência económica aos residentes, como nos últimos anos, dado que o Índice de Preços nos Consumidores registou uma subida contínua.

      Na ocasião, o legislador defendeu que o Executivo deve estudar, “quanto antes, sobre o lançamento de um novo plano de benefícios do consumo”, de modo a que “os residentes da baixa camada social possam obter o apoio adequado e atemptado”, reduzindo os encargos económicos e resultantes da constante subida dos preços dos produtos para a vida dos respectivos grupos.

      Nick Lei sublinhou que o ritmo do crescimento económico ainda não está estável, pelo que muitas famílias estão ainda a depender do cartão de consumo e do plano de subsídio de vida para pagar as despesas diárias. “Há vozes na sociedade que esperam que o Governo pondere sobre a continuação do cartão de consumo”, disse.

      A actualização salarial da função pública foi igualmente solicitada na reunião de ontem. José Pereira Coutinho lembrou que o Governo tinha deixado de ajustar os salários e subsídios dos trabalhadores da função pública há muitos anos, e assim deve tomar como referência das autoridades de Hong Kong, que anunciaram elevar os salários da função pública em 4,65%, o que poderá ainda “transmitir uma imagem positiva da recuperação económica de Macau”.

      Já a deputada Song Pek Kei disse ser necessário estabilizar o espírito de solidariedade dos funcionários públicos e elevar o seu moral através do aumento salarial, uma vez que muitos trabalhadores da função pública na linha da frente “tiveram de estar disponíveis durante 24 horas por dia” durante a epidemia. “O nível salarial dos funcionários públicos é também um indicador para os outros salários. No passado, muitas grandes empresas seguiam as medidas do Governo e aumentavam adequadamente os salários”, afirmou. Song Pek Kei assinalou que a liderança do Governo é muito importante para reforçar a confiança da sociedade em termos da promoção do desenvolvimento do emprego.