Edição do dia

Sábado, 22 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
30.9 ° C
31.9 °
30.9 °
79 %
4.1kmh
40 %
Sáb
31 °
Dom
30 °
Seg
30 °
Ter
30 °
Qua
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioPolíticaCoutinho alerta para aumento de "internamentos sociais"

      Coutinho alerta para aumento de “internamentos sociais”

      José Pereira Coutinho denunciou que, nos últimos anos, tem crescido o número de “internamentos sociais”, ou seja, casos de pessoas que, após tratamentos clínicos e tendo alta hospitalar, não têm para onde ir ou quem os acolha. Aliás, o deputado indicou que tem recebido regularmente pedidos de apoio por parte de famílias que têm a seu cargo idosos que, depois de saírem do hospital, são pressionados para libertarem as camas, mesmo que não tenham para onde ir.

      “A maior parte dos prolongamentos de altas hospitalares incide sobre grupos etários com idades mais avançadas, sendo também os principais grupos admitidos nas urgências. Estes utentes não têm condições para regressar ou permanecer nas suas residências, quer por ausência de autonomia quer por dificuldades ou ausência de capacidade de autocuidado ou por razões pessoais ou insuficiente ou inexistente suporte familiar ou rede formal de apoio”, indicou Coutinho.

      Por isso, Coutinho apelou ao Governo “para elevar o nível de prestação de cuidados às famílias com dificuldades na assistência dos seus familiares elevando-se a eficiência no planeamento da alta hospitalar”.

      “As autoridades competentes, nomeadamente da área de saúde e serviços sociais, devem reforçar a articulação de modo a permitir que os utentes que não tenham autonomia ou rede de suporte familiar possam ser acolhidos imediatamente em lares, devendo ser melhorados os vários tipos de apoios tais como os apoios psicossociais, elevar a formação dos cuidadores informais e outras estruturas físicas que complementem as necessidades destas pessoas como o aumento das vagas em rede de cuidados continuados integrados”, afirmou o deputado na sua intervenção de ontem na AL.