Edição do dia

Terça-feira, 18 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
30.6 ° C
33.2 °
29.9 °
89 %
4.6kmh
40 %
Ter
31 °
Qua
31 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioInternacionalSuécia diz que já cumpriu acordo com Turquia para adesão à NATO

      Suécia diz que já cumpriu acordo com Turquia para adesão à NATO

      O primeiro-ministro sueco, Ulf Kristersson, garantiu ontem que a Suécia já fez tudo aquilo com que se comprometeu para entrar na NATO e cabe agora à Turquia tomar a decisão que lhe corresponde. “Pensamos que fizemos tudo o que tínhamos de fazer, estamos totalmente comprometidos neste trabalho conjunto contra a delinquência organizada e contra o terrorismo”, afirmou Ulf Kristersson, em Madrid, numa conferência de imprensa ao lado do homólogo espanhol, Pedro Sánchez. Ulf Kristersson, em resposta a uma pergunta de um jornalista turco e segundo a tradução simultânea das suas declarações para espanhol, disse que a Suécia cumpriu com “as obrigações” que assumiu no acordo que assinou em junho do ano passado com a Turquia e que cabe agora a Ancara “tomar as decisões que lhe correspondem”.

      A Suécia pediu para aderir à NATO (a aliança de defesa de países europeus e da América do Norte) no ano passado e, perante o veto da Turquia, assinou um acordo em que assumiu compromissos para permitir levantar o bloqueio de Ancara. A Turquia tem bloqueado há 13 meses a adesão da Suécia à Aliança Atlântica acusando Estocolmo de acolher militantes curdos do Partido os Trabalhadores do Curdistão (PKK), uma organização classificada como terrorista por Bruxelas e Ancara. O bloqueio mantém-se apesar de a Suécia ter aprovado nova legislação antiterrorista que entrou em vigor em 1 de Junho. O primeiro-ministro sueco disse que falou ontem de manhã com o secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, e que partilha “totalmente as suas declarações” de domingo, quando afirmou que a Suécia cumpriu as suas obrigações para com a Turquia, no final de uma reunião de duas horas com o Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan. Soltenberg pediu para a Turquia levantar o bloqueio à adesão da Suécia à NATO antes da cimeira da organização prevista para Vilnius em 11 e 12 de Julho. Reeleito em 28 de Maio para a Presidência da República da Turquia, Erdogan bloqueou até agora a entrada da Suécia na Aliança Atlântica, exigindo, em particular, a extradição de várias dezenas de membros de milícias curdas por parte de Estocolmo, mas a decisão final será tomada por um tribunal independente.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau