Edição do dia

Sexta-feira, 14 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
29.2 ° C
30.9 °
28.9 °
94 %
3.6kmh
40 %
Sex
29 °
Sáb
30 °
Dom
30 °
Seg
30 °
Ter
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeServiços de Saúde vão recorrer ao 5G para tentar elevar eficiência dos...

      Serviços de Saúde vão recorrer ao 5G para tentar elevar eficiência dos serviços médicos

      Os Serviços de Saúde vão recorrer à tecnologia de 5G para aumentar a eficiência dos serviços médicos, indicaram as autoridades em resposta a uma interpelação escrita do deputado Ho Ion Sang. Além disso, é adiantado que o Governo irá estudar a introdução de novos projectos de cuidados de saúde inteligentes.

      A tecnologia 5G vai servir para aumentar a eficiência dos serviços médicos, asseguram os Serviços de Saúde em resposta a uma interpelação escrita apresentada pelo deputado Ho Ion Sang, que pedia uma análise à conjugação entre a tecnologia e a área da saúde.

      À medida que a tecnologia de telecomunicações 5G avança, os Serviços de Saúde procederam ao estudo da aplicação de 5G, mantendo a estreita cooperação com os operadores de telecomunicações nas áreas de diagnóstico e tratamento clínico, telemedicina, apoio à rede de reserva, entre outras, com vista a aumentar a eficiência dos serviços médicos através das características estáveis, rápidas e de baixa latência das tecnologias de comunicação da 5G, e elevar a eficiência geral dos serviços médicos“, explica a resposta dos Serviços de Saúde, assinada pelo director, Alvis Lo.

      Além disso, os Serviços de Saúde assinalam que os serviçosprestados pelo novo Hospital das Ilhas irão avançar na direcção da introdução de uma combinação de tecnologia e assistência médica, como o 5G e os megadados.

      As autoridades de saúde também adiantam que vão estudar a introdução de mais projectos de cuidados de saúde inteligentes e analisar mais aspectos relacionados com a legislação complementar, “para que os residentes possam obter serviços de saúde convenientes e adequados”.

      Na resposta, os Serviços de Saúde recordam que a tecnologia informática já é aplicada nos serviços médicos. “Actualmente, as funções electrónicas já concebidas abrangem os cuidados clínicos, a gestão administrativa e até os serviços de conveniência aos cidadãos, sendo optimizados gradualmente de acordo com a situação de utilização”, lê-se na resposta de Alvis Lo, que dá como exemplos o sistema informático de enfermagem móvel, armários inteligentes de dispensa de medicamentos, o aparelho automático de aviamento de medicamentos para doentes internados e o sistema electrónico de controlo de infecção hospitalar.

      Os Serviços de Saúde dizem também que, a par disso, os residentes podem, através da plataforma de registo de saúde electrónico, permitir que os médicos consultem os dados de saúde das entidades públicas e privadas, durante o episódio da consulta médica. As autoridades de saúde sublinham também que têm aproveitado as tecnologias informáticas para optimizar os diversos serviços durante o período de epidemia, prestando serviços médicos adequados aos residentes por via telefónica ou vídeo-consulta.