Edição do dia

Terça-feira, 18 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
30.6 ° C
33.2 °
29.9 °
89 %
4.6kmh
40 %
Ter
31 °
Qua
31 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioEconomiaDespesa extra-jogo dos visitantes cifrou-se em 14,98 mil milhões de patacas

      Despesa extra-jogo dos visitantes cifrou-se em 14,98 mil milhões de patacas

      No primeiro trimestre do ano, a despesa total dos visitantes (excluindo a despesa no jogo) cifrou-se em 14,98 mil milhões de patacas, mais 127,1%, face ao trimestre homólogo de 2022, devido ao acentuado aumento homólogo de 163,7% do número de visitantes entrados em Macau, divulgou a Direcção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC), que ainda salientou que a despesa total dos turistas (12,34 mil milhões de patacas) e a dos excursionistas (2,64 mil milhões) cresceram 131,5% e 108,7%, respectivamente.

      No trimestre em análise a despesa per capita dos visitantes foi de 3.027 patacas, menos 13,9%, em termos anuais. A despesa per capita dos turistas (4.677 patacas) diminuiu 40,3%, porém, a dos excursionistas (1.141 patacas) aumentou 8,1%. Em termos de origens dos visitantes, a despesa per capita dos visitantes da China continental fixou-se em 3.899 patacas, mais 8,9%, em termos anuais. Destaca-se que a despesa per capita dos visitantes do continente com visto individual (3.939 patacas) desceu 45,1%. A despesa per capita dos visitantes de Hong Kong foi de 1.252 patacas e a dos visitantes de Taiwan cifrou-se em 1.844 patacas.

      Mais de 50% da despesa dos visitantes foi realizada em compras (57,6% da despesa per capita) no trimestre de referência, seguindo-se as despesas em alojamento (20,1%) e em alimentação (17,4%). A despesa per capita dos visitantes em compras cifrou-se em 1.744 patacas, menos 29,2%, em termos anuais. A DSEC destacou ainda que esta despesa foi efectuada principalmente em joias/relógios (405 patacas), em produtos cosméticos/perfumes (393 patacas) e em alimentos/doces (340 patacas). Analisando por principal motivo da visita a Macau, a despesa per capita dos visitantes que vieram passar férias (3.851 patacas) desceu 50,6%, em termos anuais, porém, as despesas per capita dos visitantes que vieram fazer compras (2.590 patacas) e visitar familiares ou amigos (2.059 patacas) aumentaram 20,0% e 3,1%, respectivamente.

      De acordo com os resultados dos comentários dos visitantes, as proporções dos visitantes que estavam satisfeitos com os estabelecimentos hoteleiros (89,6%), os estabelecimentos de jogo (86,6%) e os transportes públicos (84,4%) baixaram: 5,3; 7,8 e 5,3 pontos percentuais, respectivamente, em termos trimestrais. Por seu turno, a proporção dos visitantes que consideravam suficientes os pontos turísticos de Macau (80,7%) subiu 1,8 pontos percentuais.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau