Edição do dia

Segunda-feira, 17 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
27.9 ° C
29.9 °
27.9 °
94 %
4.6kmh
40 %
Dom
28 °
Seg
30 °
Ter
30 °
Qua
30 °
Qui
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioPolíticaExposição sobre a Educação da Segurança Nacional encerra hoje portas  

      Exposição sobre a Educação da Segurança Nacional encerra hoje portas  

       

      A mostra, co-organizada pela sexta vez pelo Governo da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM) e o Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na RAEM, foi inaugurada no dia 15 de Abril, assinalando a oitava edição do Dia da Educação da Segurança Nacional da China. Até à passada sexta-feira, atraiu mais de 53 mil visitantes.

       

      A Exposição sobre a Educação da Segurança Nacional, patente no Complexo da Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa e que se prolongou até hoje, dia 15 de Maio, atraiu, até à passada sexta-feira mais de 53 mil visitantes e a página electrónica na Internet registou mais de 1.165.000 navegações, revelou, em comunicado, o Gabinete de Comunicação Social (GCS).

      A exposição, co-organizada pela sexta vez pelo Governo da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM) e o Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na RAEM, foi inaugurada no dia 15 de Abril, assinalando a oitava edição do Dia da Educação da Segurança Nacional da China. A mostra é composta por uma parte introdutória e cinco partes temáticas, das quais, a quinta parte é subordinada ao tema “É nossa tradição darmos o nosso melhor para o sucesso. Incentivamos o amor pela pátria e por Macau”, onde surgem destacados os conteúdos sobre como se consolidar o conceito de “um país, dois sistemas” e como realizar uma base sólida para Macau, o sentido de segurança nacional enraizado na população, as instituições do Governo Central em Macau realizam actividades educativas de amor pela pátria, prestar homenagem aos heróis patriotas e valorizar a paz, actividades comemorativas do 30.º aniversário da promulgação da Lei Básica organizadas pelo Governo da RAEM, aprendizagem do espírito do 20.º Congresso Nacional do Partido Comunista da China por diversos sectores da sociedade de Macau, bem como melhorar a divulgação e educação da segurança do Estado e a realização abrangente de actividades educativas de amor pela pátria e por Macau.

      Recorde-se que o Governo da RAEM também realizou as actividades relativas ao 70.º Aniversário da Vitória do Povo Chinês na Guerra contra o Japão e da Vitória Mundial contra o Fascismo e do Dia Nacional de Luto pelas vítimas do massacre de Nanjing, “para que o público possa relembrar a história, prestar homenagem aos heróis patriotas, manter-se alerta no futuro e valorizar a paz”.

      Refere o mesmo comunicado do GCS que a Lei Básica “é um documento jurídico que tem um grande significado a nível histórico, realista e internacional”. “A sua elaboração e promulgação são grandes eventos simbólicos no processo do retorno de Macau à pátria. Em Abril passado, o Governo da RAEM realizou actividades para celebrar o 30.º aniversário da promulgação da Lei Básica de Macau”.

      Relativamente ao reforço da divulgação e da educação da segurança do Estado, os serviços do Governo da RAEM e as associações realizaram “diversas acções educativas e de sensibilização sobre a segurança nacional”. Além disso, este ano, “o serviço educativo planeia lançar materiais didácticos complementares sobre a segurança nacional para escolas secundárias, primárias e infantários”. “Várias associações juvenis, instituições de ensino superior e escolas secundárias e primárias de Macau realizam permanentemente diversas acções educativas de amor pela pátria e por Macau, com vista a cultivar entre os jovens a consciência do Estado e da etnia e o sentido de responsabilidade social, de forma a continuar a fortalecer o amor à pátria e a Macau”, referiu ainda o GCS.

      A exposição da segurança nacional, aberta ao público no dia 15 de Abril, com conteúdos enriquecidos através de textos, fotografias e vídeos, tem atraído muitos residentes, associações, pessoal dos serviços públicos, jovens e estudantes.