Edição do dia

Terça-feira, 25 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens quebradas
30.4 ° C
30.4 °
30.4 °
78 %
6.5kmh
83 %
Ter
30 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeCentro Hospitalar Conde de São Januário foi cenário de simulacro

      Centro Hospitalar Conde de São Januário foi cenário de simulacro

       

      O Centro Hospitalar Conde de São Januário, o Corpo de Bombeiros (CB) e o Corpo de Polícia de Segurança Pública (CPSP) realizaram, no passado dia 6 de Maio, um simulacro de incêndio e evacuação, divulgou ontem a assessoria do hospital público em comunicado.

      Através da cooperação interdepartamental, refere o comunicado, “pretende-se reforçar a capacidade de resposta e o mecanismo de comunicação do hospital em caso de desastres e incidentes súbitos de incêndio, de forma a evitar, tanto quanto possível, a ocorrência de feridos e mortes”.

      O simulacro teve a duração de cerca de 20 minutos, com início às 10h e termo às 10h20, contando com a participação de cerca de 180 pessoas dos Serviços de Saúde, CB e CPSP. Teve lugar no segundo andar do edifício da Clínica Obstétrica e Pediátrica do Centro Hospitalar Conde de São Januário, onde foram reproduzidas as condições de um incêndio causado por curto-circuito numa zona com aparelhos, tendo o hospital activado de imediato o plano de contingência para evacuação dos doentes e notificação do CB.

      Após serem notificados, um total de 29 bombeiros e seis viaturas foram enviadas de emergência ao local para iniciar a operação de combate ao incêndio e salvamento.

      O hospital também procedeu à evacuação, incluindo a zona de enfermaria do Serviço de Hemato/Oncologia, a enfermaria de Puérperas, enfermaria da Cirurgia IV, bem como procedeu ao aviso prévio e trabalhos de apoio emocional dos doentes e dos utentes do hospital, entre outros.

      No total, foram evacuadas 72 pessoas, entre as quais quatro doentes com mobilidade reduzida tiveram de ser assistidos pelos bombeiros.

      No final, o director do único hospital público do território, Kuok Cheong U, salientou que a segurança contra incêndios “é uma parte importante dos trabalhos diários do Centro Hospitalar Conde de São Januário, e o hospital já estabeleceu, há muito tempo, uma política consolidada de segurança contra incêndios, todos os serviços têm orientações de resposta, exercícios regulares, formação sobre o uso de extintores de incêndio e formação sobre conhecimentos de combate a incêndios, por forma a elevar a consciência dos trabalhadores sobre o combate a incêndios e garantir que este esteja familiarizado com o procedimento de tratamento de incêndios, a fim de evitar a ocorrência de incêndio e de vítimas”.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau