Edição do dia

Sábado, 22 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
30.9 ° C
31.9 °
30.9 °
79 %
4.1kmh
40 %
Sáb
31 °
Dom
30 °
Seg
30 °
Ter
30 °
Qua
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeCTT-Macau considera que a implementação do 5G “está em plena conformidade com...

      CTT-Macau considera que a implementação do 5G “está em plena conformidade com os requisitos das licenças”  

      A directora dos Serviços de Correios e Telecomunicações, Derby Lau, respondeu a uma interpelação escrita do deputado Leong Hong Sai referindo ainda que, de acordo com os requisitos previstos nas respectivas licenças, “os titulares são obrigados a construir, por iniciativa própria, um sistema capaz de atingir a cobertura, com boa qualidade, de 50% do território no prazo de 12 meses a contar da data de emissão da licença”.

       

      A implementação do serviço de telecomunicações 5G no território segue o alinhavado pelo Governo. A garantia foi, uma vez mais, dada pela Direcção dos Serviços de Correios e Telecomunicações (CTT–Macau) em resposta a uma interpelação escrita do deputado da Assembleia Legislativa (AL) Leong Hong Sai, que procurou saber mais informações junto do Executivo sobre a concessão exclusiva da Companhia de Telecomunicações de Macau (CTM).

      A directora dos CTT-Macau considerou que o progresso da implementação do serviço 5G “está em plena conformidade com os requisitos das licenças”. Derby Lau referiu ainda que as duas operadoras de telecomunicações titulares das Licenças 5G – CTM e China Telecom – “lançaram, sucessivamente, os serviços comerciais 5G no final do ano passado”. “De acordo com os requisitos previstos nas respectivas licenças, os titulares são obrigados a construir, por iniciativa própria, um sistema capaz de atingir a cobertura, com boa qualidade, de 50% do território da Região Administrativa Especial de Macau no prazo de 12 meses a contar da data de emissão da licença”, acrescentou.

      A mesma responsável disse também que a entidade que dirige tem vindo a acompanhar os trabalhos relacionados com o termo da validade da Revisão Intercalar do Contrato de Concessão do Serviço Público de Telecomunicações bem como dos trabalhos legislativos da “Lei das Telecomunicações. “Quando houver notícias concretas serão divulgadas em tempo oportuno”, atirou.

      Paralelamente, a directora dos CTT–Macau admitiu que, no futuro, com a abertura da rede 5G e o aumento do número de utilizadores, “a Direcção dos Serviços de Turismo (DST) irá, de acordo com a situação real, aproveitar as tecnologias inovadoras para enriquecer a experiência turística dos visitantes, apoiando a aplicação do 5G da indústria turística para criar oportunidades de desenvolvimento ‘Turismo + Tecnologias’. “Em articulação com a construção da ‘cidade inteligente’ do Governo da RAEM, foram incluídas sugestões, na revisão e estudo do Plano Geral do Desenvolvimento da Indústria do Turismo de Macau, elaborado pela DST, para reforçar a aplicação de tecnologias inovadoras, promovendo a publicidade electrónica e plataformas de comunicação social na indústria turística, e melhorando a experiência turística dos visitantes”, enfatizou.

      Por fim, aproveitando as tecnologias 5G e de realidade aumentada, a mesma responsável, citando a Direcção dos Serviços de Economia e Desenvolvimento Tecnológico (DSEDT), salientou que se realizaram no passado, em cooperação com as associações comerciais distritais, actividades no Bairro da Rua dos Ervanários, Vila de Coloane e Vila da Taipa, designadamente o Arraial na Ervanários, o Arraial em Coloane e o Arraial na Taipa. “Através da introdução das experiências de realidade aumentada nos bairros comunitários, num modelo de interacção online e offline, assente em atracção de visitantes/experiências/check-in/consumo, e tirando partido da tecnologia para criar novos hotspots de consumo, os eventos aumentaram o interesse dos cidadãos e visitantes para descobrir e consumir nos bairros”, notou Derby Lau.