Edição do dia

Quarta-feira, 19 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
28.1 ° C
29.9 °
27.9 °
94 %
4.1kmh
40 %
Ter
28 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioCulturaLançamento de livro bilingue marca Dia Mundial da Língua Portuguesa em Timor-Leste

      Lançamento de livro bilingue marca Dia Mundial da Língua Portuguesa em Timor-Leste

       

      O lançamento de uma edição bilingue em português e tétum do livro “Os velhos também querem viver”, de Gonçalo M. Tavares, é uma das várias iniciativas que esta semana assinalam em Timor-Leste o Dia da Mundial da Língua Portuguesa.

       

      O livro, produzido numa iniciativa do Centro de Língua Portuguesa (CLP) – Projecto FOCO.UNTL (Universidade Nacional Timor Lorosa’e), tem como objetivo “contribuir para um maior protagonismo da língua portuguesa e da língua tétum, enquanto línguas oficiais num cenário multilingue e multicultural como é o caso de Timor-Leste”.

      A edição resulta de uma candidatura submetida à Linha de Apoio de Tradução e Edição (LATE), “com o objetivo central de promover a tradução e a edição no estrangeiro de obras escritas em língua portuguesa”. A LATE é organizada, financiada e promovida conjuntamente pela Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB) e pelo Camões, I.P.

      Um dos projectos da cooperação portuguesa no setor da educação e da língua portuguesa, o projeto FOCO.UNTL (Formar, Orientar, Certificar e Otimizar com a UNTL) tem colaborado com o CLP em várias dimensões, como a lecionação na UNTL e de cursos de língua portuguesa, investigação, produção de materiais didático-pedagógicos e publicações.

      Além do livro, o CLP e o FOCO.UNTL têm previsto divulgar durante a semana vários testemunhos em vídeo recolhidos na comunidade timorense, bem como organizar diversas oficinas de escrita criativa, de linguística e ensino de língua e de poesia.

      A iniciativa Português no Bairro, também apoiada pelo CLP, apresenta no sábado 6 de Maio uma leitura dramatizada da obra “O Lafaek e a Manu-liin”, com a estreia de um teatro fantoches, criado a partir da adaptação intercultural da obra infantojuvenil “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”, do autor brasileiro Jorge Amado.

      Várias outras iniciativas estão igualmente previstas para esta semana, incluindo na quarta-feira um debate sobre a língua portuguesa na comunicação social timorense, organizado pelo Consultório da Língua para Jornalistas e pelo Centro Cultural Português.

      No dia 4 de Maio, serão divulgados os vencedores do IX Prémio de Língua Portuguesa, galardão anual instituído pela Fundação Oriente para reconhecer o melhor trabalho de língua portuguesa de jovens estudantes timorenses. A iniciativa conta com o apoio do Ministério do Ensino Superior, Ciência e Cultura, do Centro Cultural Português – Díli, do Centro de Língua Portuguesa da Universidade Nacional Timor Lorosa’e (UNTL), do BNU Timor e do Leitorado Guimarães Rosa da UNTL.

      As comemorações oficiais estão a ser organizadas este ano pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros timorense, em colaboração com o Ministério da Educação. O palco será o maior centro comercial do país, o Timor Plaza, durante todo o dia de sábado, com vários momentos musicais, poesia, um espetáculo de circo de um artista brasileiro, danças tradicionais e discursos. Lusa

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau