Edição do dia

Segunda-feira, 17 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
chuva fraca
28.1 ° C
29.9 °
27.9 °
94 %
3.6kmh
40 %
Seg
30 °
Ter
30 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioCulturaThe Huaiyang Garden e Five Foot Road, de Macau, arrecadam uma estrela...

      The Huaiyang Garden e Five Foot Road, de Macau, arrecadam uma estrela no Guia Michelin

      A nova lista revela que existem em Macau nove restaurantes com uma estrela Michelin, cinco com duas estrelas e três com três estrelas. O restaurante educacional do IFT voltou a receber a estrela verde da Michelin. Uma das novidades deste ano, o Prémio Melhor Serviço, foi atribuído a Kit Li, empregada do restaurante de Macau Sichuan Moon, situado no Wynn Palace.

       

      Macau tem, a partir de hoje, mais dois restaurantes com estrela Michelin na edição deste ano do famoso guia de gastronomia. The Huaiyang Garden, situado no Londoner, e Five Foot Road, do MGM Cotai, são os restaurantes que se estreiam, apesar do último já ter sido seleccionado no passado como restaurante recomendado pelo guia, conforme foi ontem anunciado na cerimónia do Guia Michelin Hong Kong/Macau para 2023 que teve lugar no Grand Lisboa, na península de Macau.

      O Huaiyang Garden é o único restaurante recentemente galardoado com uma estrela Michelin em Macau este ano. Dirigido pelo chef Zhou Xiaoyan, “a equipa da cozinha destaca-se em pratos sofisticados de Huaiyang, incorporando peixe fresco do rio enviado da região duas vezes por semana, com camarões fritos com ovas e tomalley, ou enguia crocante ao estilo Liangxi”, escreve o Guia Michelin.

      Já o Five Foot Road foi promovido de restaurante seleccionado a uma estrela Michelin. Com mais de 30 anos de experiência, o chef de Sichuan, Yang Dengquan, destaca-se em “apresentar sabores e aromas tradicionais daquela região da China com vários frutos do mar”, referiu o júri.

      Este ano, o Guia Michelin atribuiu a 78 restaurantes em Hong Kong e 17 restaurantes em Macau a insígnia de excelência gastronómica. Na lista, há algumas surpresas. A 15.ª edição do Guia Michelin dedicado aos dois territórios reconheceu 14 restaurantes recém-estrelados: incluindo um novo três estrelas Stars – o Ta Vie de Hong Kong –, três novos duas estrelas – Bo Innovation, Lai Ching Heen e Rùn, todos de Hong Kong –, nove novos uma estrela – onde se incluem o The Huaiyang Garden e o Five Foot Road – e ainda um novo estrela verde, categoria onde o restaurante educacional do Instituto de Formação Turística de Macau (IFT) permanece agraciado pelo segundo ano consecutivo.

      Macau continua com diversas estrelas Michelin. Assim, com uma estrela continuam os restaurantes 8 1/2 Otto e Mezzo – Bombana, Lai Heen, Pearl Dragon, The Kitchen, Wing Lei Palace, Ying e Zi Yat Heen. Com duas estrelas surgem Alain Ducasse at Morpheus, Feng Wei Ju, Mizumi, Sichuan Moon e Wing Lei. E, por fim, com já as habituais três estrelas permanecem o Jade Dragon, Rubuchon au Dôme e The Eight 8.

      Incluindo os restaurantes estrelados, ‘Bib Gourmand’ e seleccionados, a selecção deste ano do Guia Michelin apresenta um total de 206 restaurantes em Hong Kong e 44 em Macau. “Acompanhado pelo levantamento das restrições de viagem, a cena culinária de Hong Kong e Macau continua vibrante e apaixonante, enquanto a indústria hoteleira também está em franca aceleração. De facto, o último ano não foi um ano tranquilo nas duas regiões, com muitos novos projectos na cidade, atendendo a clientes de diferentes nacionalidades e paladares”, referiu Gwendal Poullennec, directora-internacional do guia.

      Este ano, a Michelin introduziu três novos prémios: o Prémio Jovem Chef, atribuído ao cozinheiro do restaurante Hansik Goo, Seteve Lee; o Prémio Melhor Serviço, atribuído a Kit Li do restaurante de Macau Sichuan Moon; e ainda o Prémio de Melhor Sommelier, que foi entregue a Jacky Luk, do restaurante Forum, em Hong Kong.

      Também para a edição deste ano, os restaurantes juntam-se à selecção de hotéis feita pela Michelin, que apresenta os lugares “mais exclusivos e emocionantes” para hospedagem, tanto local como ao redor do mundo.