Edição do dia

Terça-feira, 7 de Fevereiro, 2023
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
17.9 ° C
19.9 °
17.9 °
94 %
1kmh
40 %
Seg
20 °
Ter
22 °
Qua
19 °
Qui
20 °
Sex
20 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Economia Volume de negócios da restauração caiu 6,8% em Novembro

      Volume de negócios da restauração caiu 6,8% em Novembro

      Em Novembro de 2022 o volume de negócios dos proprietários entrevistados da restauração desceu 6,8%, face a Novembro de 2021, indicou a Direcção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC). No entanto, os resultados do inquérito de conjuntura à restauração e ao comércio a retalho referente a Novembro de 2022 revelam que o volume de negócios dos proprietários entrevistados da restauração diminuiu 9,4%, face a Outubro de 2022.

      Os volumes de negócios dos proprietários entrevistados de todos os tipos de restauração desceram em termos mensais, salientando-se que o volume de negócios dos restaurantes chineses baixou 11,4%. Relativamente ao comércio a retalho, observou-se que no mês de Novembro o volume de negócios dos retalhistas entrevistados diminuiu 15,3%, em termos mensais. Realça-se que os volumes de negócios dos produtos cosméticos e de higiene, assim como dos relógios e joalharia, diminuíram 29,4% e 29,1%, respectivamente, porém, o volume de negócios dos automóveis aumentou 2,4%.

      Em relação às expectativas sobre o volume de negócios, 40% dos proprietários entrevistados da restauração projectaram que o volume de negócios para Dezembro de 2022 crescesse em termos mensais, destacando-se que as proporções dos proprietários dos restaurantes ocidentais, dos proprietários dos restaurantes chineses e dos proprietários dos restaurantes japoneses e coreanos se fixaram em 50%, 44% e 41%, respectivamente. Contudo, 33% dos proprietários da restauração anteviram decréscimos mensais no volume de negócios para Dezembro.

      Relativamente ao comércio a retalho, 48% dos retalhistas entrevistados previram que o volume de negócios para Dezembro aumentasse em termos mensais. Além disso, cerca de 22% dos retalhistas entrevistados anteviram decréscimos mensais no volume de negócios para Dezembro, salientando-se que a proporção dos vendedores de automóveis atingiu 46%.

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau