Edição do dia

Quarta-feira, 17 de Abril, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
27.5 ° C
29.8 °
26.9 °
94 %
3.1kmh
40 %
Qua
28 °
Qui
28 °
Sex
28 °
Sáb
28 °
Dom
25 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioDesportoJeff Chio, um miúdo que faz história em Macau...e no Brasil

      Jeff Chio, um miúdo que faz história em Macau…e no Brasil

      O jovem atleta tornou-se no primeiro futebolista da história a participar no intercâmbio entre Macau e Teutônia, no estado do Rio Grande do Sul, no Brasil. A troca só foi possível devido ao compromisso da escola de futebol Ivo10 Brazil e permite que Jeff Chio fique no Brasil nos próximos três anos até fazer 18 anos. Para já, já se sagrou campeão no torneio sub-15 Gauchão Noligafi.

      O jovem atleta de 15 anos Jeff Chio tornou-se no primeiro futebolista local a participar no intercâmbio de jogadores entre Macau e o Brasil, no âmbito do projecto de futebol de formação da Ivo10 Brazil e em parceria com a Associação Esportiva Recreativa e Cultural Erno Dahmer – Juventus de Teutônia.

      O defesa-central chegou ao Brasil em Dezembro e deverá permanecer por terras de Vera Cruz nos próximos três anos até perfazer os 18 anos. Para já, tem estado hospedado num hotel, mas já pediu para ir para o centro de formação com os companheiros de equipa, cerca de 60 miúdos oriundos de todos os lugares do Brasil, conforme explicou ao PONTO FINAL o director executivo da unidade de Macau da Ivo10 Brazil, William Gomes. “Já treinou e já jogou, inclusive a titular em três, e campeão de um torneio que, entretanto, se realizou – a categoria sub-15 da Ivo10 Brazil foi tricampeã do Gauchão Noligafi. Era suposto permanecer num hotel por dois ou três meses, mas ele já pediu aos responsáveis para ir para o centro de formação como os colegas. Já fez amizades e está a adaptar-se bem”.

      O também futebolista do Ching Fung revelou ao nosso jornal que a Ivo10 Brazil tem um plano desenhado para o atleta que, para além da componente de formação desportiva, passa pela formação enquanto cidadão. “Terá escola, naturalmente, e terá um período de três a quatro meses para aprender português, uma vez que a escola também é prioridade da Ivo 10”, garantiu o ponta-de-lança goleador.

      Jeff Chio um miúdo que faz historia em Macau… e no Brasil

      O plano traçado para a carreira de Jeff Chio foi feito em conjunto com a CRS Sports de César Soler, uma empresa de gerência de talentos futebolísticos. O atleta, garante William Gomes, está de alma e coração no futebol. “Temos mais três atletas com capacidade de virem a ser bons futebolistas, mas ele foi o único, até ao momento, que decidiu ir e deixar o conforto do lar e a família para abraçar o sonho”.

      William Gomes considera que Macau, em particular, e a China, em geral, têm atletas que demonstram muitas potencialidades, mas que, até hoje, “nunca tiveram qualquer tipo de oportunidades” para evoluir e tornarem-se, quiçá, futebolistas profissionais. “Jeff, que estudava em Macau mas vivia em Zhuhai, tem potencial. Treina connosco há sete anos, por isso desde muito criança, e sempre disse ter o sonho de ser jogador de futebol. Ele tem isso muito gravado na mente e, claro, tem o apoio dos pais”, disse o responsável da Ivo10 Brazil em Macau.

      O responsável considera ainda que jovens portugueses da escola de formação como Salvador Rodrigues, Miguel Resende e André Peres estão na senda de poderem dar o salto a qualquer momento.

      A Ivo10 Brazil em Macau, que conta com cerca de 250 atletas, abriu portas há pouco mais de dois anos, tendo aberto no ano seguinte, precisamente no Brasil. Ivo, jogador brasileiro de futebol profissional que passou por clubes como o Juventude, Palmeiras, Ponte Preta, Portuguesa (onde fez parte da famosa Barcelusa, campeã da Série B), Criciúma, Incheon Utd (na Coreia do Sul), Heanan Jianye, Beijing Renhe e Henan Songshan Longmen (na China), é o patrono do projecto de formação. O médio de 36 anos prepara-se para regressar ao país para representar um novo emblema depois de ter regressado ao Brasil devido à pandemia de Covid-19.