Edição do dia

Sábado, 20 de Abril, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
trovoada com chuva
26.9 ° C
26.9 °
24.9 °
89 %
2.1kmh
40 %
Sáb
27 °
Dom
27 °
Seg
24 °
Ter
24 °
Qua
25 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeIAS vai lançar mecanismo de encorajamento de detecção dos idosos isolados

      IAS vai lançar mecanismo de encorajamento de detecção dos idosos isolados

      A novidade chega pela boca do presidente do instituto em resposta a uma interpelação escrita do deputado Che Sai Wang que pediu ao Governo que prestasse atenção aos idosos ocultos, registando-os atempadamente para evitar a repetição de tragédias. Hon Wai referiu ainda que o IAS irá também desenvolver a avaliação geral sobre a situação de vida dos idosos isolados.

      O Instituto de Acção Social (IAS) revelou que irá lançar um mecanismo de encorajamento de detecção dos idosos isolados. Em resposta a uma interpelação do deputado da Assembleia Legislativa (AL) Che Sai Wang que pediu ao Governo que prestasse atenção aos idosos ocultos e que os procurasse, registando-os atempadamente para evitar a repetição de tragédias, o presidente do instituto, Hon Wai, referiu ainda que também há intenções de desenvolver a avaliação geral sobre a situação de vida dos idosos isolados.

      Hon Wai afirmou que é sempre importante “elevar a taxa de cobertura dos serviços para os idosos isolados”. A avaliação geral sobre a situação de vida dos idosos isolados e a necessidade de serviços será realizada através do grupo director interdepartamental do mecanismo de protecção dos idosos, onde, prometeu o responsável do IAS, “abordaram-se os referidos assuntos para estudar a viabilidade de futuros planos de desenvolvimento e elaborar o planeamento dos serviços para os idosos isolados de médio e longo prazo”.

      O IAS encoraja, de igual modo, os residentes a prestarem atenção aos membros idosos da sua família e também a outros idosos da comunidade, por forma, não só a desenvolver, em conjunto, o espírito de entreajuda na comunidade e ajudá-los dentro de suas possibilidades. “Actualmente, existem três serviços específicos destinados aos idosos que vivem sozinhos, de entre os quais, a rede de serviços carinhosos aos idosos e o programa de apoio aos cidadãos séniores isolados, através das 43 entidades comunitárias e 25 instituições de serviço social espalhadas em diversas zonas de Macau, proporcionam, periodicamente, os serviços de apoio aos idosos isolados e aos casais idosos, nomeadamente, apresentação de saudação por via telefónica, visitas domiciliárias, entre outras questões”, lembrou Hon Wai.

      Quanto aos idosos que vivem sozinhos e não pretendem utilizar os serviços, “as instituições contactam constantemente com os mesmos para lhes prestar atenção à sua vida e encorajá-los a utilizar os referidos serviços”. “Todavia, os idosos isolados dispõem de certa clandestinidade, pelo que é dotada de uma certa dificuldade para as instituições de serviços de apoio para idosos na detecção dos mesmos”, notou o responsável do IAS.

      Recorde-se que o IAS criou, em 2018, a base de dados sobre os utentes de serviços para idosos isolados e família de casal idoso, com o objectivo de recolher e analisar os dados referentes aos serviços de teleassistência “Peng On Tung” de Macau, à rede de serviços carinhosos aos idosos, ao programa de apoio aos cidadãos séniores isolados. Estes serviços já existentes permitem, referiu Hon Wai, “facilitar a optimização do apoio aos idosos isolados”. “O IAS promove as instituições de serviços de apoio para idosos na realização de visitas domiciliárias porta a porta, na distribuição de folhetos promocionais, na instalação de postos nas ruas, entre outras formas, para detectar proactivamente os idosos isolados na comunidade e, prestar-lhes os serviços e apoio”, enfatizou, acrescentando que, juntamente com os Serviços de Saúde, “estabeleceu-se um mecanismo de cooperação, quanto à alta hospitalar em breve dos idosos, em que os SS tomam conhecimento sobre a sua situação e avaliam a sua necessidade de serviços, no sentido de prestar serviços de encaminhamento aos idosos necessitados”.