Edição do dia

Segunda-feira, 17 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
chuva fraca
28.1 ° C
29.9 °
27.9 °
94 %
3.6kmh
40 %
Seg
30 °
Ter
30 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeCharles Sobhraj, assassino em série que passou por Macau, vai ser libertado

      Charles Sobhraj, assassino em série que passou por Macau, vai ser libertado

      Charles Sobhraj, conhecido como “A Serpente”, assassino em série que também passou por Macau, vai ser libertado pelas autoridades do Nepal, noticiou a Al Jazeera.

      A decisão foi do Supremo Tribunal do Nepal que, numa nota divulgada na passada quarta-feira, indicou que “mantê-lo continuamente na prisão não está de acordo com os direitos humanos do recluso”. “Se não houver outros processos pendentes contra ele para o manter na prisão, este tribunal ordena a sua libertação”, indica o comunicado citado pela AFP.

      “A Serpente” passeou pelo Sudeste asiático na década de 70, tendo, pelo caminho, deixado pelo menos 20 mortos, 14 dos quais na Tailândia. O assassino em série, que estava a cumprir pena no Nepal, escolhia turistas ocidentais de visita à Ásia. No meio das viagens entre a Europa e a Ásia e por entre várias identidades que assumiu, Sobhraj também passou por Macau, onde se fez passar por “J. Lobo”, suposto dono de um casino.

      No entanto, em Macau, a única coisa que “A Serpente” fez foi perder dinheiro nos casinos, o que obrigou a que tivesse de penhorar as joias que tinha dado a Chantal, sua mulher na altura. Ainda assim, não foi suficiente. Em Macau, foi perseguido pelos cobradores.

      As últimas notícias sobre Sobhraj dão conta de que o assassino em série está numa condição de saúde frágil. Entre 2018 e 2021, “A Serpente” foi submetida a várias operações ao coração.

      Sobhraj tem actualmente 78 anos. O número total de vítimas de Sobhraj não é conhecido, mas foram confirmadas 12 vítimas mortais. No entanto, as autoridades acreditam que o homicida matou mais de 20 pessoas. A história de Charles Sobhraj, está contada também num documentário da BBC, intitulada “The Serpent”, que está disponível na Netflix desde Abril do ano passado.