Edição do dia

Sábado, 20 de Abril, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
trovoada com chuva
26.9 ° C
26.9 °
24.9 °
89 %
2.1kmh
40 %
Sáb
27 °
Dom
27 °
Seg
24 °
Ter
24 °
Qua
25 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeGoverno português promove encontro com investidores da diáspora  

      Governo português promove encontro com investidores da diáspora  

      De 15 a 17 de Dezembro, o Executivo português promove os encontros de investidores consagrados no Programa Nacional de Apoio ao Investimento da Diáspora (PNAID). Inicialmente previstos para 2021, foram adiadas devido à pandemia de Covid-19. São esperados cerca de 700 participantes, provenientes de todas as grandes regiões do mundo. Agricultura, agroalimentar, indústria, produção avançadas, turismo, sustentabilidade, mar, economia azul, digital, saúde, ideias ou negócios nos territórios do Interior também são temas em destaque nestes Encontros PNAID, em sessões temáticas paralelas.

       

      Os Encontros do Programa Nacional de Apoio ao Investimento da Diáspora (PNAID) vão decorrer de 15 a 17 de Dezembro, no Centro Pastoral Paulo VI em Fátima, Portugal, com a presença de quatro ministros e 10 secretários de Estado do elenco governativo português, bem como centenas de investidores da diáspora. “Os Encontros PNAID constituem o momento de reencontro presencial entre Investidores da diáspora e os seus parceiros e autoridades, sendo esperados cerca de 700 participantes, provenientes de todas as grandes regiões do mundo”, revelou a organização em nota de imprensa.

      A grosso modo, o evento, subordinado ao lema “Investimento da diáspora, um investimento com marca” e cujas inscrições estão a decorrer até amanhã em www.encontrosdiaspora.pt, tem como objectivo disponibilizar informação sobre oportunidades de negócio e medidas de apoio ao investimento em Portugal e à internacionalização de empresas portuguesas através dos canais da diáspora.

      O programa do evento “será um momento para descobrir incentivos e financiamentos”. “O programa assenta em sessões de plenário, mas tem várias palestras e os participantes podem escolher em qual participar. O evento foi pensado para ter dinâmicas específicas de aceleração de negócios e de parcerias”, revelou a coordenadora do Gabinete de Apoio ao Investidor da Diáspora (GAID) na apresentação dos Encontros PNAID, no início do mês.

      A organização disponibilizará um espaço de apresentação de projectos com vista à interacção à partilha de experiências e boas práticas e à promoção de parcerias e oportunidades de negócios. “O evento assume-se como catalisador do estímulo ao empreendedorismo para a concretização de novas iniciativas empresariais em território nacional, consubstanciando-se numa poderosa força económica, social e cultural com uma contribuição determinante para aumentar a coesão nacional e a competitividade da economia portuguesa”, refere ainda a organização, citada na mesma nota de imprensa.

      No dia 16 de Dezembro, durante a parte da tarde, haverá lugar para debates sobre dinâmicas de aceleração de parcerias e negócios subordinadas a diversos temas que vão desde a ciência e tecnologia ao talento português, passando por ecossistemas empreendedores, geminação e cooperação ou importação e exportação, entre outros.

      Em simultâneo, acontecerá ainda uma mostra de produtos endógenos inovadores, o encontro europeu dos jovens lusodescendentes, espaços de exposição e reuniões individuais e também missões empresariais das câmaras de comércio e indústria portuguesas. Agricultura, agroalimentar, indústria, produção avançadas, turismo, sustentabilidade, mar, economia azul, digital, saúde, ideias ou negócios nos territórios do Interior também são temas em destaque nestes Encontros PNAID, em sessões temáticas paralelas.

      O PNAID é uma iniciativa governamental portuguesa de valorização das comunidades lusas que promove o investimento da diáspora, em especial no interior do país, bem como as exportações e a internacionalização das empresas nacionais através da diáspora. Evidenciando o objectivo da coesão territorial, a par do desafio demográfico e de desenvolvimento económico do país, o PNAID é coordenado pelo Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas e pela Secretária de Estado do Desenvolvimento Regional.