Edição do dia

Sábado, 20 de Abril, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
trovoada com chuva
26.9 ° C
26.9 °
24.9 °
89 %
2.1kmh
40 %
Sáb
27 °
Dom
27 °
Seg
24 °
Ter
24 °
Qua
25 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeRegistado mais um caso de infecção por SARS-CoV-2

      Registado mais um caso de infecção por SARS-CoV-2

      O Centro de Coordenação de Contingência do Novo Tipo de Coronavírus informou ontem que foi descoberto mais um caso importado, referente a um homem de 40 anos de idade, residente na China continental, que é segurança da Direcção dos Serviços de Solos e Construção Urbana (DSSCU) e morador em Tanzhou, perto da cidade de Zhongshan.

      As autoridades revelaram que, na noite de terça-feira, foi detectado um resultado positivo num tubo de amostras mistas do posto de teste de ácido nucleico de Mong-Há, tendo os Serviços de Saúde efectuado, de imediato, o contacto com as pessoas envolvidas. Após a repetição do teste de ácido nucleico, o resultado do referido indivíduo também foi positivo.

      De acordo com o estudo epidemiológico, o doente entrava e saía pelo Posto fronteiriço das Portas do Cerco, e andava a pé para ir e sair do trabalho. Depois do trabalho, foi ao centro comercial subterrâneo do posto fronteiriço de Gongbei, em Zhuhai, para enviar correio expresso. Tendo em conta que existe uma forte probabilidade da fonte de infecção estar associada àquele centro comercial, este caso é classificado como caso importado.

      Os resultados do teste de ácido nucleico do doente, realizados no dia 13 e 14 de Novembro, deram negativo e, actualmente, o mesmo não apresenta sintomas, pelo que o risco de infecção na comunidade é baixo. O indivíduo foi encaminhado ao Centro Clínico de Saúde Pública no Alto Coloane para tratamento em regime de isolamento.

      Entretanto, à margem do Fórum Cultural Internacional Sobre a Rota Marítima da Seda que teve lugar ontem na sala de conferências do Centro de Ciência de Macau, a secretária para os Assuntos Sociais e Cultura sublinhou que o risco de infecção comunitária é baixo, e que a organização dos grandes eventos não vai ser afectada. Elsie Ao Ieong referiu ainda que, desde ontem, nos postos fronteiriços, passou a ser exigido um teste de ácido nucleico com resultado negativo com validade de 24 horas, para passar entre Macau e Zhuhai. A medida é recíproca.

      Todos os residentes que tenham estado no centro comercial subterrâneo do posto fronteiriço de Gongbei, em Zhuhai, foram convidados pelas autoridades sanitárias de Macau a proceder, por iniciativa própria, à realização de testes de ácido nucleico.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau