Edição do dia

Segunda-feira, 17 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
27.9 ° C
29.9 °
27.9 °
94 %
4.6kmh
40 %
Dom
28 °
Seg
30 °
Ter
30 °
Qua
30 °
Qui
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioÁsiaFalha mecânica e negligência provocaram acidente aéreo na Indonésia em 2021

      Falha mecânica e negligência provocaram acidente aéreo na Indonésia em 2021

      O acidente com um avião de uma companhia indonésia em 2021, em que morreram 62 pessoas, deveu-se a falhas mecânicas e à negligência dos pilotos, segundo o relatório divulgado ontem em Jacarta pela comissão de investigação. O Boeing 737-500 da Air Sriwijaya caiu no Mar de Java poucos minutos depois de ter descolado de Jacarta para Pontianak, na ilha do Bornéu, em 9 de Janeiro de 2021. Todos os 50 passageiros e 12 tripulantes do voo SJ182 morreram no acidente. O Comité Nacional de Segurança dos Transportes da Indonésia (KNKT, na sigla em indonésio) identificou vários fatores que contribuíram para o acidente, incluindo problemas mecânicos. Uma avaria no sistema de aceleração automática do avião fez com que o aparelho se inclinasse para o lado esquerdo, disse o KNKT num comunicado citado pela agência francesa AFP. A subida normal em modo automático parou nos 10.900 pés (3.322 metros), tendo as avarias na alavanca do acelerador começado nos 8.150 pés (2.884 metros). A alavanca do acelerador do lado direito da aeronave permaneceu estacionária, enquanto a alavanca do lado esquerdo foi baixada excessivamente para compensar, precisou a agência espanhola EFE com base no relatório. Antes de mergulhar, o avião, que estava ao serviço há quase 27 anos, tinha-se desviado acentuadamente da rota. Os investigadores concluíram que os pilotos detetaram o problema demasiado tarde, apesar de “terem tempo para reparar na assimetria da aeronave antecipadamente”. Atribuíram essa falha a uma “falta de vigilância” devido a um possível relaxamento dos pilotos quando o sistema de voo automático estava em funcionamento, o que os impediu de corrigir a trajectória. Os investigadores também atribuíram a falta de regulamentos e diretrizes oficiais à falta de competência e conhecimento dos pilotos para lidar com tais situações.

      .

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau