Edição do dia

Quarta-feira, 17 de Abril, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
27.5 ° C
29.8 °
26.9 °
94 %
3.1kmh
40 %
Qua
28 °
Qui
28 °
Sex
28 °
Sáb
28 °
Dom
25 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioEconomiaSJM já perdeu 11,8 mil milhões de dólares desde o início da...

      SJM já perdeu 11,8 mil milhões de dólares desde o início da pandemia

      A Sociedade de Jogos de Macau (SJM) já sofreu prejuízos no valor de 11,8 mil milhões de dólares de Hong Kong desde o início da pandemia de covid-19. A SJM anunciou ontem, num comunicado à bolsa de valores de Hong Kong, que teve um prejuízo de 1,9 mil milhões de dólares de Hong Kong no terceiro trimestre do ano, mais 51,8% do que no período homólogo. A operadora de jogo, fundada pelo já falecido magnata do jogo Stanley Ho, já perdeu 4,65 mil milhões de dólares de Hong Kong nos primeiros nove meses de 2022, mais do que em todo o ano passado. Balanços que contrastam com os ganhos registados no ano pré-pandémico de 2019, quando a operadora apresentou lucros de 3,2 mil milhões de dólares de Hong Kong. A SJM, que opera 23 dos 42 casinos em Macau, revelou ontem que as receitas do jogo caíram quase 60% no terceiro trimestre, em comparação com o mesmo período de 2021.

      As receitas do jogo em Macau perderam em Julho 95,3%% em termos anuais, fixando-se em 398 milhões de patacas, o pior resultado desde 2003. As receitas arrecadadas pelos casinos em Julho caíram para o valor mais baixo desde que a Direcção dos Serviços de Estatísticas e Censos começou a recolher dados mensais, em Janeiro de 2003, numa altura em que a cidade tinha apenas um operador de jogo. De acordo com os números da Direcção de Inspecção e Coordenação de Jogos (DICJ), nos primeiros nove meses de 2022, os casinos arrecadaram 31,8 mil milhões de patacas, menos 53,1% do que em igual período do ano passado. Apesar dos prejuízos, o director executivo da SJM, Ambrose So, disse no comunicado que a empresa está otimista face “ao início de uma gradual liberalização das viagens para Macau”. Ambrose So disse ainda que a SJM está confiante na obtenção de uma nova licença de exploração de jogos em casino em Macau, com um prazo máximo de dez anos, através de um concurso público lançado em Julho.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau