Edição do dia

Terça-feira, 25 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nublado
33.2 ° C
33.2 °
33.2 °
78 %
5.2kmh
99 %
Ter
33 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioDesportoTudo a postos para uma jornada de elite do ténis de mesa...

      Tudo a postos para uma jornada de elite do ténis de mesa em Macau

      Começa hoje, no território, mais uma etapa do circuito mundial de ténis de mesa. Um total de 64 atletas, divididos em duas categorias – masculinos e femininos – irão evoluir até dia 23 de Outubro no Pavilhão Multidesportivo do Tap Seac. É a nata mundial do ténis de mesa que se junta no centro da cidade para deleite dos fãs da modalidade.

       

      A edição deste ano do Torneio de Campeões WTT Macau começa hoje no Pavilhão Multidesportivo do Tap Seac. Até ao próximo domingo, dia 23 de Outubro, um total de 64 atletas vão tentar passar prova após prova até à final. O Fundo do Desporto disponibilizou um total de 16 milhões de patacas para a realização do evento.

      Organizado pelo Instituto do Desporto (ID) e pela World Table Tennis (WTT) e co-organizado pela Associação Geral de Ping-Pong de Macau, o evento tem o alto patrocínio do grupo Galaxy Entertainment.

      O torneio reunirá os melhores jogadores de ténis de mesa do mundo, incluindo os chineses Fan Zhendong, Ma Long, Sun Yingsha e Chen Meng, mas também os japoneses Tomokazu Harimoto e Mima Ito, ou ainda Hugo Calderano e Bruna Takahashi, do Brasil, entre muitos outros. Na verdade, tanto no segmento masculino como no feminino, atletas da Alemanha, Nigéria, Japão, Suécia, França, Estados Unidos da América ou Índia, entre outros países ou regiões, vão competir na jornada de Macau.

      Portugal estará representado, em homens, pelo madeirense Marcos Freitas (33.º no ranking mundial) e João Geraldo (49.º). Já nos femininos, a equipa lusa é composta pelas chinesas Fu Yu (17.ª) e Jieni Shao (53.ª).

      Ao PONTO FINAL, Marcos Freitas sublinhou que Macau apresenta “um torneio de top 32 mundial”, onde só participam 32 atletas e “por isso, os jogos são de alto nível”. “Vou jogar a primeira ronda contra o [Darko] Jorgic da Eslovénia, que é neste momento top10 do ranking, e o meu objectivo é entrar bem e ganhar o jogo”, admitiu o português.

      Fu Yu, a melhor portuguesa no ranking, defronta a chinesa Chen Meng (2.º). João Geraldo vai jogar contra o alemão Patrick Franziska (13.º), enquanto Jieni Shao defronta a chinesa naturalizada alemã Xiaona Shan (20.º).

      Os brasileiros estão apostados em fazer furor na RAEM. Em declarações recentes à imprensa brasileira, tanto Bruna Takahashi quanto Hugo Calderano consideraram que a possibilidade de subida no ranking aliada ao chorudo prémio para o vencedor são atractivos mais que suficientes para a participação no evento. Calderano enfrenta Wang Chuqin (11.º) na primeira ronda do torneio

      A antiga atleta do Sporting, actualmente a representar as cores dos alemães do TTC 1946 Weinheim, é 21.ª do ranking mundial e a melhor brasileira a nível mundial. Bruna Takahashi, que vai enfrentar na primeira ronda a número um mundial Sun Yingsha, procura ainda uma a derradeira oportunidade de conquistar uma vaga no WTT Cup Finals, que reunirá apenas os dezesseis primeiros colocados do ranking masculino e feminino.

      Nos primeiros dois dias, terão lugar os jogos de qualificação entre 32 jogadores; no dia 21 de Outubro, os oitavos-de-final; no dia 22 de Outubro, os quartos-de-final e meias-finais, sendo que as finais serão realizadas no dia 23 de Outubro, às 18h.

      Os bilhetes para o evento, com preços variáveis desde as 200 até às 800 patacas, já estão disponíveis, sendo que o público interessado pode adquirir os ingressos na Bilheteira Online de Macau e através de telefone, nos balcões da Kong Seng, nas bilheteiras do interior da China, ou ainda presencialmente na bilheteria junto à paragem de autocarros do Pavilhão Polidesportivo Tap Seac.

      A WTT Macau 2020 e o Torneio de Campeões WTT Macau 2021 Estrelas da China, que decorreram no território em 2021 e 2022, respectivamente, “atraíram a atenção dos residentes, turistas e adeptos do ténis de mesa de todo o mundo, bem como o apoio e reconhecimento da ITTF”, referiu a organização em nota de imprensa.