Edição do dia

Quarta-feira, 17 de Abril, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
27.9 ° C
28.9 °
27.9 °
83 %
4.6kmh
40 %
Qua
28 °
Qui
29 °
Sex
28 °
Sáb
28 °
Dom
28 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioPolíticaHo Iat Seng solicita à sociedade que siga o espírito do...

      Ho Iat Seng solicita à sociedade que siga o espírito do relatório do 20.º Congresso Nacional do PCC

      Na ocasião da inauguração do 20.º Congresso Nacional do Partido Comunista da China, que ocorreu ontem, o Chefe do Executivo aproveitou para enaltecer a sua realização, em nome do Governo e da população de Macau. Ho Iat Seng assinalou a importância do relatório proferido pelo Presidente Xi Jinping, exigindo assim a todos os sectores locais que estudem o respectivo espírito, bem como o conteúdo referente a Macau, como os princípios de “Um país, dois sistemas” e “Macau governado por patriotas”.

       

      O Chefe do Executivo da RAEM felicitou ontem a realização do 20.º Congresso Nacional do Partido Comunista da China, aproveitando para solicitar aos diferentes sectores da sociedade local que aprendam seriamente o espírito consagrado no relatório do presente Congresso, particularmente o conteúdo referente a Macau.

      O 20.º Congresso Nacional do PCC foi inaugurado ontem de manhã em Pequim. Na cerimónia de abertura, o secretário-geral do Partido Comunista da China, Presidente da República Popular da China e Presidente da Comissão Militar Central, Xi Jinping, em nome do 19.º Comité Central, apresentou o relatório de trabalho ao Congresso.

      De acordo com o Gabinete de Comunicação Social, o Chefe do Executivo, Ho Iat Seng, e os titulares dos principais cargos do Executivo, assistiram, por transmissão directa, à inauguração da reunião, “de forma a inteirarem-se, com seriedade, do espírito do 20.º Congresso”. Na nota de imprensa do Executivo, Ho Iat Seng congratula “a realização bem-sucedida” do Congresso em representação do Governo da RAEM e dos compatriotas de Macau.

      Atendendo ao conteúdo do discurso proferido pelo Presidente Xi, o líder da RAEM apontou que “o relatório do 20.º Congresso indica, muito claramente, que o princípio ‘Um país, dois sistemas’ constitui um grande acto do socialismo com características chinesas, sendo o melhor sistema para Hong Kong e Macau, desde o regresso à pátria, e o garante da sua prosperidade e estabilidade a longo prazo, pelo que é necessário continuar a implementá-lo”.

      Ho Iat Seng assinalou, nesse sentido, que o Governo Central empenhar-se-á na prossecução plena, precisa e inabalável das políticas “Um país, dois sistemas”, “Hong Kong governado pelas suas gentes” e “Macau governado pelas suas gentes” com alto grau de autonomia, bem como irá insistir na governação de Hong Kong e de Macau de acordo com a lei.

      Foi salientado ainda que Pequim irá continuar a implementar o poder pleno da governação do Governo Central e os princípios “Hong Kong governado por patriotas” e “Macau governado por patriotas”, prestando apoio às duas regiões no desenvolvimento económico, no melhoramento do bem-estar da população e “na resolução de conflitos e questões inerentes” ao desenvolvimento socioeconómico, tendo como objectivo “impulsionar a prosperidade e estabilidade a longo prazo de Hong Kong e de Macau, a sua melhor integração no desenvolvimento nacional, bem como o desempenho dos seus papéis na grande revitalização da nação chinesa”.

      O Chefe do Executivo considera que a parte concernente a Macau no relatório do Congresso mostra a grande importância e a atenção atribuídas pelo Governo Central ao princípio ‘Um país, dois sistemas’, o que oferece também um “fortíssimo apoio” e instruções a Macau na prossecução do referido princípio, “incentivando efectivamente os compatriotas locais a terem confiança no desenvolvimento”, enfatizou.

      O líder da RAEM afirmou ainda que o relatório do 20.º Congresso fez um balanço positivo no desenvolvimento do Estado, tendo delineado cientificamente um plano sobre os objectivos e as linhas governamentais do Partido e do Estado para os próximos cinco anos.

      “O Governo Central, com o Presidente Xi Jinping como núcleo, tem, desde sempre, uma visão de longo prazo e presta muita atenção ao bem-estar dos compatriotas de Macau, bem como ao seu desenvolvimento, pelo que lançou, atempadamente, diversas medidas benéficas à RAEM, de modo a garantir a manutenção do seu bom, estável e duradouro desenvolvimento”, asseverou.

      Em relação ao conteúdo do relatório, a que o Chefe do Executivo referiu como um documento orientador “na nova jornada da plena construção de um país socialista moderno”, Ho Iat Seng assegurou que o Governo irá liderar os diversos sectores da sociedade na aprendizagem e implementação de linhas orientadoras, baseadas no espírito do relatório do 20.º Congresso.

      “O Governo irá igualmente persistir firmemente na sua missão, ser corajoso na assunção de responsabilidades, implementar os princípios ‘Um país, dois sistemas’ e ‘Macau governado pelas suas gentes’ com alto grau de autonomia, e insistir na defesa do poder pleno da governação do Governo Central e na implementação do princípio ‘Macau governado por patriotas’”, garantiu, prosseguindo que irá aproveitar também as oportunidades e promover a integração no desenvolvimento nacional.