Edição do dia

Terça-feira, 25 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
chuva moderada
34.3 ° C
34.3 °
34.3 °
77 %
6.1kmh
90 %
Ter
34 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioCulturaJoão Morgado participa em festival literário na Indonésia

      João Morgado participa em festival literário na Indonésia

      O escritor português João Morgado, autor do premiado livro “Contos de Macau”, estará presente no Ubud Writers Festival em Bali, na Indonésia, de 27 a 31 de Outubro, anunciou a assessoria do autor em comunicado de imprensa.

      João Morgado, que participou no Festival Literário de Macau – Rota das Letras em 2017 e em 2021 – de forma virtual –, participará em três painéis. No dia 28 de Outubro, marcará presença num encontro de poesia centrada no tema Memayu Hayuning Bawana, a antiga filosofia javanesa que remete para os princípios pelos quais cuidamos, protegemos e embelezamos o nosso universo. Já no dia 30, o escritor português integrará o painel “Olhando o passado: escrevendo sobre a história”, para falar da sua “Trilogia dos Navegantes” – romances biográficos de Pedro Álvares Cabral, Vasco da Gama e Fernão de Magalhães. Por fim, no dia 31, é o convidado para uma conversa com Giuseppe Catozzella, embaixador da ONU e aclamado romancista italiano, a renomada romancista australiana Laura Jean McKay e Emily Brugman, que escreve sobre as experiências de migração da família finlandesa.

      Natural da Covilhã, João Morgado foi distinguido com a Grã-Cruz da Ordem do Mérito Cívico e Cultural, oficializada pela República Federativa do Brasil, pelo seu trabalho de investigação sobre Pedro Álvares Cabral. Recebeu ainda o Troféu “Cristo Redentor” da Academia de Letras e Artes de Paranapuã – Rio de Janeiro. No campo do romance, foi o vencedor do Prémio Literário Vergílio Ferreira 2012, do Prémio Literário Alçada Baptista 2014, do Prémio Nacional de Literatura LIONS 2015, do Prémio Literário Fundação Dr. Luís Rainha, do Prémio Correntes d’Escritas 2015, recebeu a Medalha do Mérito Literário da “Ordem Internacional do Mérito do Descobridor do Brasil, Pedro Álvares Cabral” (Brasil), 2017. Na poesia, conquistou o Prémio Manuel Neto dos Santos 2015. No conto, recebeu o Prémio Literário António Serrano 2016 e o Prémio Nacional de Conto Manuel da Fonseca 2020, precisamente com a obra “Contos de Macau”. É autor de diversos livros de onde se destacam “O Livro do Império”, de 2018; “Fernão Magalhães e a Ave-do Paraíso”, de 2019; “Índias”, de 2016; “Vera Cruz”, de 2015; “Diário dos Imperfeitos”, de 2017; “Diário dos Infiéis”, de 2010, ou “Livrai-me do Mal”, de 2020. Participou em diversas coletâneas nacionais e internacionais.

      Considerado o principal festival literário do Sudeste Asiático, o Ubud Writers Festival destaca-se também por ser um encontro internacional e que leva o público a “descobrir vozes únicas e a literatura excecional de cantos conhecidos e desconhecidos” do mundo.

      Segundo dados da organização do festival, mais de 150 escritores e pensadores vão “convergir em Ubud para debater sobre questões que separam e unem os povos, como o poder da narrativa e o papel da palavra escrita na defesa dos valores e liberdades da humanidade”. “Num ano tão difícil para muitos, com guerras e conflitos, desastres naturais e turbulência política, afectando as nossas vidas e as vidas dos nossos vizinhos, amigos e entes queridos, perguntamos como podemos unir as muitas vertentes de diferentes culturas e perspectivas para criar uma compreensão mais profunda, respeito mútuo e igualdade”, referiu Janet DeNeefe, directora do Festival, citada na mesma nota.