Edição do dia

Quarta-feira, 5 de Outubro, 2022
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
céu pouco nublado
29.9 ° C
31.9 °
29.9 °
79 %
6.7kmh
20 %
Qua
30 °
Qui
29 °
Sex
29 °
Sáb
28 °
Dom
28 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Desporto Macaense Nuno Pereira assina contrato com o Imortal de Albufeira  

      Macaense Nuno Pereira assina contrato com o Imortal de Albufeira  

      O jogador abraça, aos 24 anos, um novo projecto de carreira, agora no Algarve. O Imortal está colocado na série D do Campeonato de Portugal onde estão igualmente colocados clubes históricos do futebol português com presenças na primeira divisão, como o Atlético, Fabril do Barreiro (antiga CUF), Olhanense ou Lusitano de Évora. O médio polivalente espera ter oportunidade de mostrar o seu futebol “intenso, muito agressivo e dinâmico”.

       

      O médio macaense Nuno Pereira, de 24 anos, acaba de assinar contrato com o Imortal Desportivo Clube de Albufeira, em Portugal, onde vai envergar a camisola n.º 32. O clube algarvio passa a ser o quinto emblema defendido pelo jogador desde que decidiu investir na sua carreira em terras lusitanas, depois de 1.º de Dezembro, Vilar de Perdizes, Leça e Marco.

      Numa conversa com o futebolista, Nuno Pereira mostrou-se confiante e cheio de vontade para agarrar o novo desafio. Ao PONTO FINAL, o médio diz esperar uma época positiva com a cor vermelha do Imortal. “Espero uma época muito boa a nível pessoal e espero jogar o máximo que puder para ajudar a equipa. A nível colectivo, com o plantel que temos, a ideia passa por chegar à fase de subida e depois tudo pode acontecer”, vaticinou.

      Ainda à procura de assentar arraiais de uma forma mais permanente em Portugal, Nuno Pereira conhece bem o clube que o recebe agora. “Sei que é um clube histórico, que já esteve em patamares mais altos e sempre conseguiu manter-se no Campeonato de Portugal desde a subida dos distritais”, referiu ao nosso jornal.

      Nuno Pereira está disponível para jogar onde for e o treinador Ricardo Moreira, já na sua sexta temporada à frente dos destinos da equipa sénior de futebol, pediu ao médio macaense apenas para jogar o seu futebol, “um futebol intenso, muito agressivo e dinâmico”, conforme revelou.

      O médio, que deixou Macau para ingressar nas escolas de formação do Manchester City, em Terras de Sua Majestade – para onde foi estudar para Inglaterra com apenas 13 anos – , ficou por lá e envergou a camisola do Farsley Celtic. Seguiram-se outros emblemas britânicos, de menor nomeada, antes de ir para Portugal.

      Em 2019, recebeu um convite para representar a Selecção de Macau de Sub-23, que participou na fase de qualificação, realizada no Myanmar, tendo em vista o Asiático da categoria, na Tailândia. Na curta participação – só com derrotas –, o jogador evoluiu diante de Japão (8-0), Myanmar (4-0) e Timor Leste (5-3, onde marcou um golo, apontado de grande penalidade). Ao PONTO FINAL sublinhou que estará “disponível para representar a selecção [do território] sempre que for chamado”.

      O Imortal irá disputar a série D no Campeonato de Portugal, a quarta divisão oficial portuguesa. Pelo caminho terá 13 adversários, entre os quais de destacam os históricos do futebol português Atlético, Atlético, Fabril do Barreiro (antiga CUF), Olhanense ou Lusitano de Évora.

       

      PONTO FINAL