Edição do dia

Sábado, 18 de Maio, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
26.9 ° C
30.4 °
25.9 °
78 %
5.1kmh
40 %
Sáb
27 °
Dom
25 °
Seg
24 °
Ter
24 °
Qua
24 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioCulturaFestival Internacional de Documentários de Macau começa este mês

      Festival Internacional de Documentários de Macau começa este mês

      Organizado pela Associação de Arte e Cultura – ‘Comuna de Han-Ian’ e patrocinado pelo Fundo de Desenvolvimento Cultural, a sexta edição do Festival Internacional de Documentários de Macau (MOIDF, na sigla inglesa), arranca no próximo dia 16 de Setembro e traz 30 obras “revigorantes e marcantes”, anunciou ontem a organização em comunicado de imprensa enviado às redacções.

      Até 10 de Outubro, dos documentários que a população de Macau poderá visualizar nos cinemas CVG do NOVA Mall estão: “Fogo de Amor”, um dos filmes mais comentados, tendo recebido diversos elogios internacionais; “Flee”, que recebeu três indicações ao Oscar; e as obras-primas de Zhou Hao, um icónico documentarista chinês contemporâneo, em diferentes fases de sua carreira. O MOIDF apresenta ainda a edição inaugural do Concurso de Documentários de Macau, que mostra a criatividade da nova geração de cineastas locais.

      Subordinado ao tema “Outsider”, a MOIDF deste ano, com a duração de duas semanas, refere-se às pessoas que vivem à margem da sociedade com pouca esperança de obter vitórias, mas todas têm um poder comum, pequeno, mas genuíno. O filme de abertura é sobre o sentido do paladar com “Roadrunner: A Film” About Anthony Bourdain, que fala sobre os segredos dos restaurantes com estrelas Michelin e do chef e autor Anthony Bourdain.

      O “Doc Clássico” deste ano é o Seoul Independent Film Showcase, que explora a Coreia do Sul em profundidade além da onda coreana para que o público experimente o contentamento e a frustração da sociedade contemporânea; as obras deste programa também abordam questões históricas e ilustram como as pessoas embarcam em uma jornada transformadora em busca da verdade e da justiça.

      No programa “Realizador em Foco”, Zhou Hao, que se destaca em capturar diferentes aspectos sociais da China e foi coroado no Golden Horse Awards durante dois anos consecutivos, é o foco deste ano. Para além da exibição das suas obras clássicas, como “O Presidente da Câmara Chinesa”, “Algodão e Uso”, o programa conta ainda com uma masterclass para o realizador interagir com o público de Macau. O programa “Sabor de Português” selecciona “Super Natural”, o impressionante trabalho experimental do director português Jorge Jácome, e “O Território”, que ilustra a luta do grupo indígena do Brasil contra a exploração florestal.

      Um total de cinco obras foram pré-seleccionadas no 1.º Concurso de Documentários de Macau, cobrindo uma vasta gama de temas, incluindo lutadores locais de boxe profissionais, estudantes transfronteiriços e relações familiares.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau