Edição do dia

Quarta-feira, 5 de Outubro, 2022
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
céu pouco nublado
29.9 ° C
31.9 °
29.9 °
79 %
6.7kmh
20 %
Qua
30 °
Qui
29 °
Sex
29 °
Sáb
28 °
Dom
28 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Cultura Morreu a actriz norte-americana Anne Heche, que passou por Macau para filmar...

      Morreu a actriz norte-americana Anne Heche, que passou por Macau para filmar “Return to Paradise”

      A actriz norte-americana Anne Heche morreu na passada quinta-feira, aos 53 anos, uma semana depois de ter estado envolvida num acidente de automóvel, ocorrido numa zona residencial de Los Angeles. Em 1998, Anne Heche esteve em Macau onde filmou cenas do filme “Return to Paradise”.

       

      Morreu na quinta-feira a actriz norte-americana Anne Heche. Tinha 53 anos. Entre filmes como “I Know What You Did Last Summer” e “Six Days Seven Nights”, Anne Heche também passou por Macau, onde filmou cenas de “Return to Paradise”.

      A morte foi anunciada pela amiga da actriz Nancy Davis, numa publicação na sua conta no Instagram, e depois confirmada pela família, que na quinta-feira à noite admitira a morte iminente de Anne Heche, numa declaração enviada à imprensa.

      “Infelizmente, Anne sofreu uma grave lesão cerebral e permanece em coma, em estado crítico. Não se espera que ela sobreviva. A sua escolha foi sempre doar os seus órgãos e ela está a ser mantida no suporte de vida para determinar se algum deles é viável”, disse um representante da família, citado pela revista People.

      O Departamento de Polícia de Los Angeles (LAPD) está a investigar o acidente da actriz, ocorrido no passado dia 5 de Agosto, e a possibilidade de se encontrar sob a influência de substâncias ilegais. O Gabinete de Informação Pública da LAPD confirmou na quinta-feira que as análises ao sangue revelaram a presença de drogas, embora “sejam necessários testes adicionais para excluir outras substâncias administradas no hospital”.

      A actriz estava hospitalizada desde há uma semana, depois de ter embatido com o seu carro, numa casa na zona costeira de Los Angeles. Segundo a polícia local, o automóvel ia a alta velocidade, tendo-se despistado e explodido de imediato, assim que foi contra o edifício.

      Anne Celeste Heche nasceu em 25 de Maio de 1969, na cidade de Aurora, Ohio, Estados Unidos. Tornou-se conhecida no final dos anos de 1980 com o seu retrato de Vicky Hudson e Marley Love na novela “Another World” (1987-1991), pela qual ganhou um Emmy.

      Protagonizou filmes como o ‘revival’ de “Psycho” (1998), assim como ” I Know What You Did Last Summer” (1997), ” Six Days Seven Nights ” (1998), “Auggie Rose” (2000), e foi nomeada para um Tony pelo desempenho na peça “Twentieth Century”, da Broadway.

      Entre os seus mais recentes filmes estão “13 Minutes”, estreado no início deste ano em Portugal, e “What Remains”, “Wildfire” e “Full Ride”, que ainda se encontram em pós-produção.

       

      A PASSAGEM POR MACAU

       

      Anne Heche também esteve em Macau, em 1998, para filmar cenas de “Return to Paradise”. O filme realizado por Joseph Ruben usou, por exemplo, cenas filmadas no hotel Bela Vista, actualmente a residência oficial do Cônsul-Geral de Portugal em Macau. No filme é possível ver os quartos e as escadarias do lobby, bem como algumas zonas exteriores. O filme mostra também o antigo istmo entre a Taipa e Coloane e ainda o aeroporto. Também é possível ver a Rua dos Mercadores e a Rua das Estalagens. No filme, as imagens de Macau passam por ser um local na Malásia.

      “Return to Paradise” conta a história de um grupo de três norte-americanos – Lewis (Joaquin Phoenix), Sherife (Vince Vaughn) e Tony (David Conrad) – que decidem passar um Verão na Malásia. Com o fim das férias, Tony e Sherife voltam para Nova Iorque, mas Lewis decide ir para o Bornéu salvar orangotangos em perigo. Nesse dia Lewis é preso, já que Tony e Sherife, antes de partirem, deixaram com ele 140 gramas de haxixe e, segundo as leis locais, a partir de 100 gramas o portador é considerado traficante e a pena é a morte por enforcamento.

      Dois anos depois, em Nova Iorque, Sherife é condutor de limusines e Tony é arquitecto. É então que surge Beth (Anne Heche), uma advogada que conversa com os dois e lhes conta que Lewis ficou os últimos dois anos numa prisão em Penang, mas que há um acordo verbal que diz que se um deles voltar para cumprir a pena terá de ficar seis anos preso, se os dois voltarem, três anos de prisão para cada um e se nenhum voltar Lewis será enforcado em oito dias.

      As filmagens na Ásia foram feitas também em Phuket, na Tailândia, e em Hong Kong, além de Macau. Nos EUA, as filmagens foram em Filadélfia e Nova Iorque.