Edição do dia

Quarta-feira, 22 de Maio, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
24.7 ° C
24.9 °
24.3 °
94 %
3.1kmh
40 %
Ter
25 °
Qua
25 °
Qui
26 °
Sex
27 °
Sáb
28 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioEconomiaPrograma de excursões locais regressa na próxima semana

      Programa de excursões locais regressa na próxima semana

      A Direcção dos Serviços de Turismo (DST) anunciou que o programa “passeios, gastronomia e estadia para residentes de Macau” vai regressar no dia 15 de Agosto. Num comunicado divulgado no sábado, a DST indica que, devido à “estabilidade epidémica”, os residentes de Macau poderão voltar a inscrever-se para participar nas excursões locais, retomando a saída de grupos a partir do dia 15 deste mês.

      Cada residente de Macau tem direito a um subsídio para uma excursão local no valor máximo de 280 patacas, incluindo um cartão de refeição no valor de 100 patacas. No dia da visita, os participantes receberão o cartão para refeição livre.

      Recorde-se que o programa deste ano – que estava previsto decorrer entre 29 de Janeiro e 31 de Agosto de 2022 – foi suspenso devido ao surto em meados de Junho e, desde então, foram canceladas inscrições de 2.851 pessoas para excursões locais, e cancelados 5.511 pacotes de alojamento em hotéis. Por outro lado, está a ser estudada a possibilidade de continuar a promover o programa dos “Roteiros para visitas de estudo”.

      Além disso, os residentes já podem inscrever-se novamente para experiência de estadia em hotéis, sendo retomada a estadia a partir de hoje. Os residentes de Macau que ainda não beneficiaram do subsídio vão poder, nas férias de Verão, aproveitar a experiência de estadia em hotéis para passar as suas férias com a família em ‘staycation’. Cada residente de Macau poderá receber um subsídio de 200 patacas para experiência de estadia em hotel, sendo que para cada quarto de hotel poderá ser usado no máximo um subsídio de 400 patacas de dois residentes de Macau.

      No comunicado, a DST sublinha que as excursões locais “seguem rigorosamente as medidas preventivas dos Serviços de Saúde”, incluindo o uso de máscara, medição de temperatura corporal, exibição do Código de Saúde de Macau, entre outras. Os indivíduos com Código de Saúde de Macau Vermelho ou Amarelo não podem participar nas excursões. Aquando da entrada em espaços públicos, e em meios de transportes durante as excursões, os participantes serão alertados para utilizarem a aplicação de telemóvel do Código de Saúde de Macau para digitalizar o Código de Local dos diversos sítios, a fim de registar o seu itinerário.

      Por fim, a DST diz que continuará a seguir atentamente o desenvolvimento da pandemia e, consoante as orientações divulgadas pelos Serviços de Saúde, vai tomar atempadamente as medidas necessárias para as actividades.

       

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau