Edição do dia

Quinta-feira, 23 de Maio, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
25.8 ° C
25.9 °
24.9 °
89 %
3.1kmh
40 %
Qui
26 °
Sex
26 °
Sáb
26 °
Dom
28 °
Seg
29 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioEconomiaPesquisa aponta que 47% das empresas correm o risco de fechar portas...

      Pesquisa aponta que 47% das empresas correm o risco de fechar portas  

       

      Um inquérito conduzido pelo Usina de Ideias dos Cidadãos Unidos e Guangdong e Macau Federação da Indústria e Comércio indicou que 70% das empresas entrevistadas têm dificuldades de fluxo de caixa e cerca de 47% delas disseram que correm o risco de encerrar. Anna Chan, directora-geral da Usina de Ideias dos Cidadãos Unidos, pediu ao Governo que restabeleça o mais rápido possível a passagem fronteiriça normal com o interior da China para permitir ao mercado de Macau poder colher benefícios com o mercado do outro lado da fronteira.

      Segundo o jornal Ou Mun, a pesquisa revelou que 90% das empresas entrevistadas indicaram que o maior dilema que enfrentam é a diminuição da receita operacional. Quase 47% das empresas entrevistadas disseram que estavam a enfrentar o risco de encerramento, 40% afirmaram que o seu negócio é quase insustentável e apenas 9,9% das empresas entrevistadas disseram que o negócio estava difícil, mas sustentável. Entre as empresas entrevistadas, 73% mostraram-se desanimadas com as perspectivas e previram que a situação de receitas no segundo semestre do ano não será optimista, diminuindo para metade ou mais.

      A pesquisa mostrou também que as micros, pequenas e médias empresas de Macau têm dificuldades no fluxo de caixa. Para lidar com este problema, de acordo com a pesquisa, quase 55% das empresas optaram por suspender o trabalho e os negócios, quase 45% delas pediram empréstimos bancários, 40% pediu pagamentos prolongados ​​dos empréstimos e quase 36% das empresas tomaram medidas como redução de pessoal e de salários.

      Anna Chan pede ao Governo que avalie dinamicamente a gravidade do impacto da epidemia e o grau de crise e tome várias medidas para apoiar as empresas dos diferentes sectores. Em resposta à onda de encerramento de empresas que pode ser causada pela ruptura do fluxo de caixa, Anna Chan salientou que é preciso melhorar as medidas de empréstimos bancários.

       

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau