Edição do dia

Domingo, 19 de Maio, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
céu pouco nublado
25.9 ° C
26 °
25.9 °
73 %
5.7kmh
20 %
Sáb
25 °
Dom
25 °
Seg
25 °
Ter
27 °
Qua
25 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeEscola das Nações alcança pontuação máxima no International Baccalaureate

      Escola das Nações alcança pontuação máxima no International Baccalaureate

      A Escola das Nações é primeira escola no território que oferece o International Baccalaureate Diploma Programme (IBDP). Segundo os resultados do International Baccalaureate (IB) lançados em Julho, este ano, a Escola das Nações recebeu a pontuação máxima de 45 pontos no IBDP, sendo que a última pontuação máxima que a escola alcançou tinha sido há dois anos. O educador e o director da instituição, Vivek Nair, frisou que “a boa educação é um processo contínuo” e não apenas o resultado dos últimos dois anos.

       

      Num comunicado divulgado pela Escola das Nações (School of Nations, ou SON, na sigla em inglês), a instituição de ensino afirmou que este ano recebeu outra pontuação máxima de 45 pontos no International Baccalaureate Diploma Programme (IBDP), sendo a última pontuação máxima alcançada em 2020. Segundo os resultados do International Baccalaureate (IB) publicados em Julho de 2022, um terço dos estudantes em vias de se licenciarem da SON alcançaram uma pontuação superior a 40 pontos este ano, sendo que dois deles alcançaram 44, algo considerado como um “feito excepcional”. Recorde-se que, nos últimos sete anos, a SON atingiu uma taxa de sucesso de 100% no IBDP.

      “O lançamento dos resultados do International Baccalaureate a 6 de Julho foi uma grande fonte de encorajamento para toda a comunidade escolar, que envolve professores, estudantes e as suas famílias perante a seriedade da situação da pandemia em Macau”, pode-se ler no comunicado da instituição de ensino.

      “Estes resultados reflectem o trabalho significativo que é prestado pelos professores que trabalham no programa, aos quais muita gratidão e parabéns são devidos”, afirmou o director da SON, Vivek Nair. “Como educadores sabemos que a boa educação é um processo contínuo e não apenas o resultado dos últimos dois anos. Muitos dos nossos estudantes estiveram connosco pela maioria, se não a totalidade, da sua educação, logo, o esforço da comunidade escolar inteira, funcionários e docentes, deve ser reconhecido e celebrado”, frisou o educador.

      Vivek Nair adiantou ainda que a tarefa da escola é de igualar a sua excelência académica com um processo que cada vez mais reflecte a sua visão, “a de ajudar os estudantes a desenvolverem as suas vastas potencialidades e de se dedicarem à promoção do bem-estar de toda a humanidade”, reiterando que se trata de um caminho para o qual andam “com firmeza”.

      Sendo a primeira escola de diploma IB no território, a Escola das Nações é uma das poucas instituições no mundo que exige a todos os estudantes matriculados que participem no programa IB. Com o apoio contínuo do Governo de Macau durante os anos, a escola tem visto “melhorias constantes”. Os mais recentes resultados atestam à “árdua dedicação dos estudantes, seus pais, e da escola”.

      Devido ao recente surto em Macau, a escola não realizou uma cerimónia de graduação para os finalistas. Apesar das medidas restritas, a escola ressalvou que irá continuar a disponibilizar o melhor ambiente para a aprendizagem dos estudantes, cooperando com as políticas de prevenção do Governo e priorizando as medidas de saúde implementadas. No futuro, a escola irá continuar a enfrentar todos desafios com o seu espírito de serviço.

       

      PONTO FINAL