Edição do dia

Domingo, 19 de Maio, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
céu pouco nublado
25.9 ° C
26 °
25.9 °
73 %
5.7kmh
20 %
Sáb
25 °
Dom
25 °
Seg
25 °
Ter
27 °
Qua
25 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioGrande ChinaChina financia em 18 milhões maternidade e pediatria de segundo maior hospital...

      China financia em 18 milhões maternidade e pediatria de segundo maior hospital de Cabo Verde

      Cabo Verde lança ainda este ano a primeira pedra para a construção da maternidade e pediatria no segundo maior hospital do país, num projecto financiado pela China em 18 milhões de dólares, anunciou ontem o ministro da Saúde. Em declarações aos jornalistas, na cidade da Praia, à margem da entrega por parte da China de equipamentos aos serviços do Hospital Universitário Agostinho Neto, na cidade da Praia, o maior do país, Arlindo Rosário anunciou para este ano o lançamento da primeira pedra da maternidade e pediatria do Hospital Baptista de Sousa, em São Vicente, o segundo maior do país. “É um grande projecto que temos para a região norte, que é o bloco de maternidade e pediatria do HBS, que no total vai ficar à volta de 18 milhões de dólares, entre a construção e equipamentos”, precisou o ministro, indicando que neste momento estão a ser realizados os trabalhos dos projectos de arquitectura e engenharia. “Penso que São Vicente terá, também com o termo das obras do ambulatório e do bloco ambulatorial, e com a construção dessa maternidade e pediatria, um verdadeiro complexo hospitalar na região norte”, prosseguiu Arlindo do Rosário. O embaixador da China em Cabo Verde, Xu Jie, disse também que o bloco da maternidade e pediatria do Hospital Batista de Sousa vai “melhorar substancialmente” o nível dos cuidados médicos na região norte do país, que abarca ainda as ilhas de Santo Antão, São Nicolau, Sal e Boa Vista.

      Além dessas obras, o ministro destacou os avanças nos cuidados primários em São Vicente e em toda a região norte do país, com a inauguração, na semana passada, da Comunidade Terapêutica de Ribeira de Vinha, e o projecto em curso do novo Centro de Saúde de Monte Sossego. “Há bons projectos para a ilha, mas que não servirão apenas São Vicente, mas toda a região norte”, reforçou o membro do Governo, que destacou a “cooperação exemplar” com a China nos últimos quase 40 anos, sobretudo com a província de Sichuan, que envia equipas médicas para o país, indo já na 19.ª, desde 1984. Além dos cuidados, o também médico destacou o projecto de formação e intercâmbio entre médicos chineses e cabo-verdianos, bem como envio de estudantes para aquele país asiático, para pós-graduação. “E o que queremos é reforçar ainda mais este aspeto. É possível. Há toda uma abertura por parte da China para o reforço dessa cooperação, que não passa apenas pelo setor da saúde, é importante, mas também em outras áreas importantes, nomeadamente na economia azul”, afirmou.

      Entre os materiais entregues aos serviços do Hospital Universitário Agostinho Neto estão 500 agulhas de acupuntura cosmética, 300 tampas descartáveis, 200 Cateter uterino, 130 agulhas de acupuntura descartáveis de diferentes tamanhos, 20 ventosas de vidro, máscaras. Todos os equipamentos estão avaliados em 4,3 milhões de escudos (cerca de 39 mil euros), e a entrega foi feita pelo embaixador da China em Cabo Vede, Xu Jie, ao presidente do Hospital Agostinho Neto, Imadueno Cabral, no âmbito da cooperação existente entre os dois países.

       

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau