Edição do dia

Sexta-feira, 12 de Agosto, 2022
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
céu pouco nublado
26.9 ° C
27.1 °
25.9 °
89 %
2.6kmh
20 %
Sex
28 °
Sáb
30 °
Dom
30 °
Seg
30 °
Ter
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Lusofonia Militares timorenses e dos Estados Unidos iniciam exercício militar conjunto

      Militares timorenses e dos Estados Unidos iniciam exercício militar conjunto

       

      Efectivos militares de Timor-Leste e dos Estados Unidos da América iniciaram ontem o exercício militar conjunto Dalan ba Dame 22 (Caminho para a Paz), que decorre até ao final do mês na região de Baucau. Com a participação de cerca de 50 militares norte-americanos e uma centena de efetivos das Forças de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL), o exercício que decorre até 28 de Julho pretende “reforçar as capacidades de interoperabilidade através de treino e intercâmbio cultural”, segundo um comunicado.

      A formação inclui intercâmbios de especialistas e sessões de trabalho de desenvolvimento profissional, “que se focam em competências básicas de infantaria, tais como patrulha, navegação terrestre e habilidades de sobrevivência na selva”.

      “O exercício Dalan ba Dame é um exemplo importante de como os Estados Unidos e Timor-Leste estão a aprofundar a nossa parceria duradoura”, disse o sub-responsável interino da missão dos EUA em Timor-Leste, Roy Srinivasan, na cerimónia de abertura do exercício. “Os Estados Unidos orgulham-se de se associar às F-FDTL para desenvolver a capacidade de Timor-Leste para a segurança marítima, a ajuda humanitária e a resposta a desastres”, explicou.

      O exercício, explica a missão dos EUA, “baseia-se na crescente parceria EUA-Timor-Leste e avança a cooperação em matéria de segurança em apoio a uma região livre e aberta do Indo-Pacífico”.

      No quadro da parceria entre os dois países nesta matéria, os Estados Unidos apoiaram recentemente algumas obras de recuperação do aeroporto de Baucau, a segunda maior cidade timorense, num projecto avaliado em cerca de 10 milhões de dólares e que inclui o fornecimento de um avião Cessna para patrulhamento marítimo. “Com a criação de uma componente aérea, o projecto ajudará as F-FDTL e o Governo timorense a monitorizar melhor o seu território marítimo, a prestar assistência humanitária e a promover o desenvolvimento económico”, sublinha a missão dos EUA.

      Além do exercício em Baucau, os Estados Unidos realizam três outros exercícios militares anuais com as F-FDTL, acolhendo vários militares timorenses nos Estados Unidos para formação militar profissional e em língua inglesa.

      Paralelamente, equipas dos Seabees, o batalhão de construção da Marinha dos EUA, construíram ou reabilitaram mais de 100 clínicas e escolas em Timor-Leste, completando projetos avaliados em mais de 50 milhões de dólares nos últimos 10 anos.

       

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau