Edição do dia

Sábado, 18 de Maio, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
26.9 ° C
28.9 °
26.9 °
78 %
3.1kmh
40 %
Sáb
27 °
Dom
25 °
Seg
24 °
Ter
24 °
Qua
24 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioEconomiaChina está a negar vistos para Macau a apostadores frequentes, diz a...

      China está a negar vistos para Macau a apostadores frequentes, diz a Sanford C. Bernstein

      Os serviços de migração da China têm estado a negar vistos a apostadores frequentes que querem vir a Macau, indicou uma nota da corretora Sanford C. Bernstein. A mesma nota, citada pelo portal GGRAsia, indicava também que as receitas brutas dos casinos entre os dias 10 e 15 de Maio foram as mais baixas desde Outubro de 2020.

       

      A China tem estado a negar vistos para Macau aos apostadores frequentes, revelou a corretora Sanford C. Bernestein numa nota citada pelo portal GGRAsia. Segundo a consultora, na passada quinta-feira, a Administração Nacional de Imigração da China tinha revelado que, desde 2021, foram negados vistos a mais de 90 mil cidadãos alegadamente envolvidos em actividades de jogo. Os destinos desses cidadãos não foram revelados. Segundo a corretora, a medida tem a ver com as restrições ao jogo transfronteiriço implementada pelas autoridades do interior da China.

      “Como a Administração Nacional de Imigração da China reiterou a política rigorosa de controlo da Covid-19 em matéria de fronteiras e restrições a viagens não essenciais, esperamos que as visitas [a Macau] e as receitas [dos casinos] a curto prazo possam permanecer limitadas”, disse Sanford C. Bernstein no seu memorando divulgado na segunda-feira.

      Segundo a Macau News Agency, Xu Ganlu, director dos serviços de migração do interior da China, tinha anunciado a implementação de políticas mais rigorosas para entradas e saídas da fronteira, incluindo a restrição de “actividades não essenciais de saída” e a redução da emissão de vistos e autorizações de viagem para Macau e Hong Kong.

      Recorde-se que, até à data, a China Continental é o único lugar que tem um acordo de viagem com Macau para que visitantes possam entrar em grande parte sem quarentena.

      A nota dizia também que as receitas brutas de jogo dos casinos de Macau entre os dias 10 a 15 de Maio representavam, em média diária, 50 milhões de patacas, ou seja, “o pior” desempenho desde Outubro de 2020, data a partir da qual o continente retomou o programa de vistos individuais para visitantes do continente que querem entrar em Macau.

      Os analistas da Sanford C. Bernstein, Vitaly Umansky, Louis Li e Shirley Yang, sediados em Hong Kong, escreveram no relatório que as receitas brutas mensais de jogo de Macau entre 1 e 15 de Maio foram de 2,1 mil milhões de patacas, com uma taxa média diária mensal de 140 milhões de patacas, 83% abaixo da média diária de Maio de 2019, e 58% abaixo da taxa média diária de Maio de 2021.

      No início deste mês, a Direcção de Inspecção e Coordenação de Jogos (DICJ) indicou que as receitas dos casinos em Abril foram de 2,68 mil milhões de patacas. Este é o valor mais baixo desde Setembro de 2020, quando os casinos geraram um montante de 2,21 mil milhões de patacas.

       

      PONTO FINAL