Edição do dia

Quarta-feira, 22 de Maio, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
chuva fraca
26.3 ° C
27.6 °
25.9 °
94 %
2.1kmh
40 %
Qua
26 °
Qui
27 °
Sex
27 °
Sáb
27 °
Dom
28 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioPerfil“A autenticidade é a coisa mais importante, porque no mundo online as...

      “A autenticidade é a coisa mais importante, porque no mundo online as pessoas não nos vêem como realmente somos”

      “Há cinco ou seis anos que publico conteúdos em plataformas de redes sociais. Gosto mais do Instagram porque é mais fácil de publicar e existem canais para ‘stories’. Também gosto do YouTube porque é uma boa forma de comunicar com os telespectadores, pois por vezes é possível fazer ‘streaming’ ao vivo. Nas fases iniciais da minha carreira falei sobretudo de beleza e maquilhagem, mas agora gosto de partilhar mais sobre a minha vida, porque é uma forma de causar impacto nos outros. Gosto principalmente de publicar conteúdos que são divertidos de ver. Em termos de criação de conteúdo, se for de natureza puramente pessoal e não comercial, é relativamente simples e eu apenas faço o que me apetece. Na vertente comercial, é necessário comunicar com os clientes muitas vezes antes de tomar quaisquer decisões. Antes de ser KOL não editava as fotos antes de as publicar, mas agora presto atenção ao ‘layout’ das fotos, certificando-me de que as cores e os tons são os mesmos. Para as fotografias, ajusto a cor, afino a pele, e se há algumas áreas que parecem gordas, ajusto-as para que pareçam mais finas, para que a imagem geral seja mais bonita. Mas penso que a autenticidade é a coisa mais importante, porque no mundo online as pessoas não nos vêem como realmente somos, por isso vou partilhar coisas de que gosto realmente, ou o meu eu real; os meus amigos e seguidores preferem ler este tipo de conteúdo. Quando nos tornamos famosos, tudo o que dizemos e fazemos é lido por outros, por isso temos de ter cuidado porque afectamos o nosso público. E se eles nos virem a fazê-lo pode ser que nos sigam. O que mais gosto em ser um KOL é que posso trabalhar horas flexíveis e cada dia é diferente, e faço muitas coisas diferentes que realmente adoro. No entanto, penso que as pessoas devem realmente pensar cuidadosamente antes de decidirem juntar-se a esta indústria. Muitas pessoas pensam que o nosso trabalho é muito fácil e que é fácil ganhar dinheiro, mas na realidade há muitos sacrifícios. Por vezes trabalhamos das 7 da manhã à meia-noite, e há também um período de tempo em que não temos qualquer rendimento porque inicialmente não temos uma reputação, e leva tempo a construir a nossa plataforma e a esperar que os clientes comecem a vir ter connosco e a confiar em nós para ganhar dinheiro. Penso que os KOLs, tal como os actores e animadores, têm um certo prazo de validade”.

       

      Doris Lee

      @dorisleetw

       

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau