Edição do dia

Quinta-feira, 23 de Maio, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
25.8 ° C
25.9 °
24.9 °
89 %
3.1kmh
40 %
Qui
26 °
Sex
26 °
Sáb
26 °
Dom
28 °
Seg
29 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioÁsiaUE pede que Singapura acabe com pena de morte após execução de...

      UE pede que Singapura acabe com pena de morte após execução de preso com deficiência

       

      A União Europeia (UE) pediu a Singapura o fim da pena de morte, após a execução ontem de um preso malaio, de 34 anos e com deficiência intelectual, que foi condenado por tráfico de drogas. “Pedimos que Singapura adote uma moratória em todas as execuções e se junte à tendência global de abolir a pena de morte”, disse o Serviço Europeu de Acção Externa (SEAE), num comunicado.

      A UE também apelou às autoridades de Singapura que suspendam a execução de outro preso malaio, Datchinamurthy Kataiah, que foi condenado à morte por tráfico de droga e deverá ser enforcado na sexta-feira. O SEAE pediu que a sentença de morte de Kataiah seja comutada para outro tipo de pena.

      A condenação da UE soma-se à das Nações Unidas, que esta semana já pedia o fim das execuções no país. Ontem, Nagaenthran ‘Nagen’ Dharmalingam foi enforcado na prisão de Changi, confirmou à agência de notícias EFE a ativista Kirsten Han, coordenadora da organização não-governamental Transformative Justice Collective.

      Um tribunal de Singapura rejeitou, na terça-feira, o recurso final da mãe de Dharmalingam – que alegava que o preso sofria de défice intelectual, com um coeficiente de 69. O malaio passou mais de uma década no corredor da morte, após a sua prisão em abril de 2009 por contrabandear 42,72 gramas de heroína para Singapura, que tem uma das leis de drogas mais pesadas do mundo e prevê a pena à morte por 15 gramas de contrabando deste estupefaciente.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau