Edição do dia

Quarta-feira, 22 de Maio, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
chuva fraca
26.3 ° C
27.6 °
25.9 °
94 %
2.1kmh
40 %
Qua
26 °
Qui
27 °
Sex
27 °
Sáb
27 °
Dom
28 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioPolíticaGoverno vai incluir despesas com electricidade e água na próxima ronda de...

      Governo vai incluir despesas com electricidade e água na próxima ronda de apoios

      Ho Iat Seng anunciou ontem que o novo plano de benefícios ao consumo vai englobar também as despesas com a electricidade e água. Ontem, na Assembleia Legislativa, o Chefe do Executivo confirmou também que a nova ronda de apoios deverá ser lançada no próximo mês.

       

      Há uma semana, o secretário para a Economia e Finanças anunciou na Assembleia Legislativa (AL) que os residentes vão ter direito a uma nova ronda de apoios. Ontem, no mesmo local, o Chefe do Executivo confirmou que o plano de benefícios de consumo por meio electrónico deverá ser lançado já em Maio e adiantou que vai abranger também as despesas dos residentes com água e electricidade. No entanto, Ho Iat Seng não revelou mais detalhes sobre o plano.

      A deputada Wong Kit Cheng foi a primeira a questionar o líder do Governo sobre a nova ronda de apoios. Na resposta, Ho Iat Seng reiterou que o Executivo tem de apresentar uma proposta de alteração à lei do orçamento para este ano. “Só depois de aprovação da alteração do orçamento é que podemos avançar”, explicou, lembrando que a medida começou a ser pensada pelo Governo no mês de Fevereiro.

      O Chefe do Executivo assinalou que esta nova ronda terá como objectivo fomentar o consumo. “Todos nós esperamos que venha a ser adoptada a medida e o mercado espera solução directa e imediata”, referiu, notando: “Se conseguirmos fazer com que as PME [pequenas e médias empresas] sobrevivam, podemos assegurar os postos de trabalho. Vamos trabalhar sob este princípio”.

      Ho Iat Seng lembrou também que em Abril começou a ser distribuída a comparticipação pecuniária pelos residentes e que mais tarde será devolvido o imposto profissional. O Chefe do Executivo disse esperar que o montante envolvido seja injectado na economia através do consumo: “Esperamos que, com as verbas a atribuir, possa haver mais consumo”.

      Recorde-se que o secretário para a Economia e Finanças tinha adiantado há uma semana que o Governo ia lançar um novo plano de cartões de consumo electrónico. Lei Wai Nong não adiantou mais pormenores sobre a medida, ressalvando apenas que este cartão não será igual aos lançados anteriormente. “Este novo plano não é uma continuação das últimas medidas”, assinalou o governante. Lei Wai Nong indicou na altura que “este plano de consumo electrónico vai ser lançado devido à conjuntura actual”. “Esperamos que, com isso, o mercado consiga ter algum fluxo e assim conseguimos garantir emprego ou até criar algum emprego”, referiu, pedindo “algum tempo” para acertar os pormenores do novo plano.

      Na última reunião plenária da AL, foram vários os deputados a manifestarem satisfação pela medida anunciada, pedindo ao mesmo tempo celeridade na implementação da mesma.

       

      PONTO FINAL