Edição do dia

Segunda-feira, 26 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
13.9 ° C
15.9 °
13.9 °
77 %
6.2kmh
40 %
Dom
15 °
Seg
19 °
Ter
19 °
Qua
20 °
Qui
22 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Cultura Babel apresenta ciclo de conferências SOS – Stolen Objects Stories

      Babel apresenta ciclo de conferências SOS – Stolen Objects Stories

      A Babel – Associação Cultural está a promover até domingo, dia 27 de Março, o ciclo de conferências SOS – Stolen Objects Stories. A iniciativa, refere a organização sem fins lucrativos, “pretende centra-se nas biografias de ‘objectos’ de acentuado valor simbólico e patrimonial que, de forma violenta ou anti-ética, foram deslocados das suas comunidades originais e colocados em contextos e locais muito distintos”.

      Durante os próximos três dias, em formato online, oradores provenientes de geografias distintas, partilham perspectivas académicas e artísticas situadas na confluência entre imperialismo, colonialismo, de-colonialidade, património e práticas criativas de produção de conhecimento.

      De acordo com a organização, o SOS – Stolen Objects Stories “ambiciona uma expansão do debate para além das fronteiras tradicionais, sejam elas a da colecção, da instituição ou da nação, para o domínio de uma ética do ‘cuidar’ [care] e do ‘reparar’ [repair]”.

      Com curadoria de Margarida Saraiva, o ciclo de conferências terá como oradores a própria, bem como Zuozhen Liu, Louise Tythacott, Caroline Ha Thuc, Riksa Afiaty, Sita Magfira, Catarina Simão, Marian Pastor Roces, Naman P. Ahuja e Maria Paula Meneses.

      O primeiro dia será dedicado sobretudo ao património de origem chinesa actualmente disperso por museus europeus, com duas comunicações, uma da professora Zuozhen Liu e outra de Louise Tythacott.

      O segundo dia da conferência é dedicado ao conjunto de práticas artísticas, curatoriais ou investigativas que moldaram (dado o seu foco constante em narrativas alternativas às grandes narrativas oficiais) a forma como hoje compreendemos o museu, o património e a memória. Este painel de oradores conta com Caroline Ha Thuc, Riksa Afiaty, Sita Magfira e Catarina Simão.

      Por último, no terceiro dia, dedicado a abordagens reflexivas, críticas, por vezes radicais, que procuram um diálogo para além dos objectos e das práticas em direcção às estórias e ao espaço público. Contará com o contributo de Marian Pastor Roces, Naman P. Ahuja e Maria Paula Meneses.

      Para além da conferência internacional, o projecto envolve ainda a construção de um arquivo digital fundado num conjunto de questões urgentes e desenvolvido em colaboração com mais de uma dezena de investigadores, artistas, historiadores, poetas e músicos de todo o mundo.

      A iniciativa da Babel – Associação Cultural tem o apoio do Instituto Cultural (IC), do Instituto de Formação Turística de Macau (IFTM) e da Faculdade de Artes e Humanidades da Universidade de São José (USJ). Para mais informações, o leitor pode consultar o projecto em https://stolen-objects-stories.com.

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau