Edição do dia

Quinta-feira, 18 de Agosto, 2022
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens quebradas
25.9 ° C
27.1 °
25.9 °
94 %
6.2kmh
75 %
Qua
28 °
Qui
30 °
Sex
31 °
Sáb
29 °
Dom
29 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Internacional Citizen Brick angaria cerca de 1,2 milhões de patacas em lego para...

      Citizen Brick angaria cerca de 1,2 milhões de patacas em lego para ajudar a Ucrânia

      A produtora independente de figuras lego conseguiu o valor com a venda de minifiguras de cocktails molotov com a bandeira da Ucrânia e do presidente Volodymyr Zelensky. A totalidade do valor da receita obtida com a venda desta edição limitada será doada na à Direct Relief.

       

      Esgotado! A empresa Citizen Brick, produtora independente de figuras e blocos lego, conseguiu angariar 145.388 dólares norte-americanos (cerca de 1,2 milhões de patacas) na venda de venda de minifiguras não oficiais de cocktails molotov com a bandeira da Ucrânia e do presidente Volodymyr Zelensky. “Vendemos todas as figuras de Zelensky e cocktails molotov, arrecadando mais de 145 mil dólares para a Direct Relief que vai ajudar o povo da Ucrânia”, escreveu a empresa norte-americana, sediada em Chicago, no seu Facebook.

      “Como deve ter notado, as minifiguras esgotaram quase que imediatamente. Fizemos o maior número possível em 24h frenéticas, com a nossa equipa a trabalhar nas folgas para conseguir imprimir. Esperamos conseguir angariar mais de 100 mil dólares (806 mil patacas)”, podia ler-se na página oficial da empresa no Facebook durante os primeiros dias da iniciativa.

      O início da iniciativa aconteceu no passado dia 5 de Março nas redes sociais Facebook e Instagram e obteve logo sucesso imediato. Desde o início, a empresa prometeu que a receita obtida na venda da edição limitada ia ser doada à Direct Relief. Recorde-se que cada cocktail molotov miniatura tinha um custo de 10 dólares norte-americanos (cerca de 81 patacas), e a versão lego de Zelensky tinha um custo de 100 dólares (cerca de 806 patacas).

       

       

       

       

       

       

       

      “Devido ao fornecimento limitado de peças necessárias, não poderemos fazer mais. Esperamos que considere fazer uma doação directa à Direct Relief ou a outra instituição de caridade relevante. Agradecemos a sua generosidade e apoio a este projecto. Por favor, seja paciente enquanto tentamos agora processar o pedido de todos. Obrigado por provar, mais uma vez, que temos os melhores clientes do mundo”, escreveu a Citizen Brick numa publicação nas redes sociais, agradecendo ainda “os esforços no fornecimento de suprimentos médicos para refugiados ucranianos”.

      A Citizen Brick começou a laborar em 2010 e desde então produz e vende figuras e acessórios personalizados que não são produzidos pela Lego. A intenção da empresa é pegar em minifiguras de Lego e imprimir os seus próprios “designs únicos e inapropriados”. “Pretendemos fazer coisas que a Lego não vai fazer”, explicou a empresa,

      A empresa foi notícia no passado por produzir conjuntos incomuns de lego, como um clube de strip, figuras de Twin Peaks ou um conjunto da série policial Breaking Bad.

      Dados recentes publicados pela organização não governamental Direct Relief mostram que a ONG tem vindo a ajudar a Ucrânia com 26 milhões de dólares (cerca de 210 milhões de patacas) em medicamentos e equipamento médico.

      Entretanto, o Grupo Lego, por sua vez, doou à Ucrânia 16 milhões de dólares norte-americanos (cerca de 130 milhões de patacas) em ajuda através da Fundação Lego. A empresa dinamarquesa já suspendeu os serviços e remessas para as lojas russas.

       

      PONTO FINAL