Edição do dia

Sexta-feira, 24 de Maio, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
aguaceiros fracos
25.9 ° C
26 °
25.9 °
94 %
2.6kmh
75 %
Sex
26 °
Sáb
26 °
Dom
28 °
Seg
28 °
Ter
27 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioPolíticaVong Hin Fai satisfeito com novo ambiente na AL com deputados patriotas

      Vong Hin Fai satisfeito com novo ambiente na AL com deputados patriotas

      Relativamente aos trabalhos do novo mandato da Assembleia Legislativa, o deputado Vong Hin Fai salientou que está satisfeito com uma cooperação muito saudável no Hemiciclo, cujo ambiente é diferente do passado, uma vez que “neste mandato os candidatos são todos patriotas”.

      À margem do almoço de Primavera da Assembleia Legislativa, Vong Hin Fai indicou que, até ao momento, está satisfeito com os trabalhos realizados e que estão a ser realizados no seio da Assembleia Legislativa, tanto nos plenários, como nas reuniões da comissão permanente ou comissões de acompanhamento.

      “Eu sinto que há uma cooperação muito saudável neste momento, e os colegas estão integrados nesse ambiente de trabalho”, comentou o deputado. “O ambiente agora é diferente, porque neste mandato os candidatos são todos patriotas, desse modo, o ambiente é algo diferente”, apontou.

      Vong Hin Fai já foi deputado nas I, II, e IV a VI Legislaturas da AL da RAEM, tendo sido eleito novamente por sufrágio indirecto no ano passado, altura em que houve uma exclusão de qualificação de candidaturas a alguns deputados, nomeadamente democratas.

      Quanto a futuros trabalhos e desafios para a nova legislatura renovada daqui a cinco meses, o também advogado destacou que o fundamental para os deputados é exercerem melhor as funções, ou seja, legislar e fiscalizar as acções governativas. E no próximo futuro, a prioridade é a diversificação da economia da RAEM num contexto de pandemia, para que a recuperação social seja alcançada suavemente. “Julgo que a proposta de alteração da lei do jogo tem também o mesmo objectivo, de promover a diversificação da economia”, disse.

      Além da integração da RAEM na Grande Baía, principalmente com o desenvolvimento da Zona de Cooperação Aprofundada entre Guangdong e Macau em Hengqin, Vong Hin Fai defendeu que Macau deve reforçar o seu papel como “uma ponte de intercâmbio, entre o interior da China e os países lusófonos”.

      Para Vong Hin Fai, a Zona de Cooperação Aprofundada pode disponibilizar muitas oportunidades para a cooperação com os países lusófonos, que podem “entrar em Hengqin e na Grande Baía através de Macau”, aproveitando as políticas e medidas de apoio estabelecidas pelas autoridades.

       

      C.C.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau