Edição do dia

Terça-feira, 25 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nublado
29.8 ° C
29.8 °
29.8 °
83 %
6.2kmh
100 %
Ter
30 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeDSEDJ vai coordenar o regresso de 40 alunos em Hong Kong nos...

      DSEDJ vai coordenar o regresso de 40 alunos em Hong Kong nos dois próximos dias

      Até ontem, cerca de 40 estudantes que se encontram em Hong Kong manifestaram às autoridades de Macau vontade de regressar à RAEM dentro deste mês, tendo a Direcção dos Serviços de Educação e de Desenvolvimento da Juventude (DSEDJ), a Direcção dos Serviços de Turismo (DST) e a Direcção os Serviços para os Assuntos de Tráfego (DSAT) já elaborado um plano para coordenarem a observação médica no território nesta quinta-feira e sexta-feira.

      De acordo com a DSEDJ, que realizou a recolha de informações sobre a intenção de regresso a Macau dos alunos na cidade vizinha, foram recebidos até ontem à noite dados de cerca de 100 universitários em Hong Kong.

      Devido à evolução da situação pandémica em Hong Kong, algumas instituições do ensino superior estão a pedir aos estudantes para deixarem de permanecer na residência e voltarem para as respectivas casas, de forma a evitar aglomerações de pessoas e baixar o risco de infecção no campus, segundo a imprensa em Hong Kong.

      Recorde-se que há alunos de Macau que estudam em Hong Kong que se queixaram anteriormente sobre a carência de quartos de hotel para cumprir a observação médica, dificultando o seu regresso à RAEM. Por outro lado, são solicitados para sair da residência da universidade em Hong Kong e sentem dificuldades financeiras para arranjar uma casa na RAEHK para viver.

      Na passada segunda-feira foram registados mais de dois mil casos confirmados de covid-19 em Hong Kong só num dia, sendo quase todos de infecção na comunidade. O Departamento de Educação de Hong Kong anunciou na segunda-feira que os jardins de infância e escolas secundárias continuam com aulas suspensas até 6 de Março, e várias instituições do ensino superior já cancelaram aulas presenciais e passaram para o formato ‘online’.

       

      C.C.

       

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau