Edição do dia

Quinta-feira, 29 de Setembro, 2022
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
27.9 ° C
29.4 °
27.9 °
89 %
6.2kmh
40 %
Qui
28 °
Sex
28 °
Sáb
29 °
Dom
29 °
Seg
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Grande China Lançado plano para promover o desenvolvimento do papel das mulheres da...

      Lançado plano para promover o desenvolvimento do papel das mulheres da Grande Baía

      O Plano de Desenvolvimento para Mulheres de Guangdong (2021-2030) foi anunciado na semana passada pelas autoridades de Guangdong e procura demonstrar que a província vai promover o desenvolvimento da cooperação entre as mulheres de Guangdong, Hong Kong e Macau em vários aspectos.

       

      O governo provincial de Guangdong promulgou o Plano de Desenvolvimento para Mulheres de Guangdong (2021-2030) a 11 de Janeiro. A presidente da Federação das Mulheres de Guangdong, Xu Hong, na sessão de apresentação, frisou que o novo plano quer respeitar um estatuto mais igualitário do papel da mulher na sociedade, bem como a importância da saúde e do bem-estar de mulheres, estabelecendo oito áreas relacionadas com a causa das mulheres em Guangdong, nomeadamente saúde, educação, economia, participação na tomada de decisões e gestão, segurança social, construção da família, ambiente e direito, propondo oitenta objectivos principais e 89 medidas estratégicas.

      A dirigente acrescentou que Guangdong irá promover activamente o intercâmbio e a cooperação no desenvolvimento e assuntos das mulheres na área da Grande Baía, mais concretamente em Guangdong, Hong Kong e Macau, bem como a nível doméstico e internacional. Isto inclui a promoção da integração e desenvolvimento das mulheres na área da Grande Baía e a promoção de intercâmbios e cooperação entre organizações de mulheres em Guangdong, Hong Kong e Macau e entre mulheres da região através da organização de fóruns e intercâmbios. As autoridades chinesas pretendem unir e levar as mulheres a participar activamente no desenvolvimento da zona da Grande Baía e contribuir para construir uma “baía internacional de excelência”, de modo a promover conjuntamente a causa das mulheres na região para benefício mútuo e situação vantajosa para ambas as partes.

      A representante das mulheres de Guangdong indicou que a população feminina da província é actualmente de 59,13 milhões, num total de 42,46 milhões de famílias. A presidente do grupo oficial afirmou que, nos últimos anos, as mulheres de Guangdong têm tido participação igual no desenvolvimento, assumindo papéis importantes na inovação e empreendedorismo, havendo participação política, defendendo-se a si próprias e apresentando as suas próprias ideias. Em 2020, mais de 8,8 milhões de mulheres estavam empregadas nas entidades urbanas em Guangdong, registando-se um aumento de mais de 4,05 milhões em relação a 2010.

      Xu Hong adiantou que a saúde das mulheres em Guangdong também continuou a melhorar, com a taxa de mortalidade materna a cair de 11,14 por 100.000 em 2010 para 10,18 por 100.000. O nível de escolaridade das mulheres continuou a aumentar, com a proporção de estudantes do sexo feminino no ensino superior a atingir 53,19%. O nível de segurança social para as mulheres foi constantemente aumentado, os direitos e interesses legítimos das mulheres têm vindo a ser mais protegidos, o ambiente de desenvolvimento foi cada vez mais optimizado e a sensação de bem-estar e segurança das mulheres foi reforçado, referiu a filiada da Comissão Permanente do Congresso Nacional do Povo da China.

       

      Reforçar laços internacionais

       

      Na sessão de apresentação, as autoridades revelaram que Guangdong irá também aumentar as suas relações amigáveis com organizações internacionais de mulheres, expandir as áreas e canais para intercâmbios amigáveis de mulheres e aumentar o nível de desenvolvimento delas em Guangdong. Ao promover o desenvolvimento da segurança social na área da Grande Baía, Guangdong, Hong Kong e Macau vão reforçar a sua sinergia no sentido da segurança social e serviços públicos transfronteiriços, para promover a cooperação da segurança social na Grande Baía, aprofundando o intercâmbio e a cooperação entre as regiões em relação às indústrias de serviços de segurança social, recursos humanos altamente qualificados, financiamento, projectos, informatização e normalização.

      Através da partilha de recursos, coordenação de políticas, interconexão de sistemas e convergência de serviços, a província vizinha de Hong Kong e Macau irá explorar a prestação de serviços de cuidados com idosos em nove cidades do Delta do Rio das Pérolas e expandir os serviços transfronteiriços de cuidados desta camada da população para residentes em Hong Kong e Macau, de modo a beneficiar mais mulheres idosas.

      O recém-lançado documento oficial revelou que Guangdong também irá lançar seguros de saúde exclusivamente adquiridos pelos residentes de Hong Kong e Macau para aproveitarem os serviços de saúde na Grande Baía, de modo a promover a igualdade de tratamento para as mulheres em Hong Kong e Macau, como os residentes da China continental, relativamente à assistência social. Além disso, e segundo o plano, Guangdong também vai proteger os direitos e interesses dos residentes de Hong Kong e Macau que trambalham e estudam na província chinesa.

       

       

       

      PONTO FINAL