Edição do dia

Quinta-feira, 29 de Setembro, 2022
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
27.9 ° C
29.4 °
27.9 °
89 %
6.2kmh
40 %
Qui
28 °
Sex
28 °
Sáb
29 °
Dom
29 °
Seg
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Política Lei Chan U pede revisão dos trabalhos relevantes à cooperação entre família...

      Lei Chan U pede revisão dos trabalhos relevantes à cooperação entre família e escola

      Duas décadas após o Governo ter lançado a ideia de cooperação entre a família e a escola, que visa promover uma educação de qualidade e um bom ambiente de crescimento para os jovens, o deputado Lei Chan U manifestou dúvidas sobre quais foram os trabalhos relacionados realizados pelas autoridades e a respectiva eficácia.

       

      O deputado Lei Chan U submeteu uma interpelação oral à Assembleia Legislativa no âmbito de assuntos sociais e cultura, para questionar o Governo sobre os trabalhos desenvolvidos em relação à promoção da educação familiar, bem como à revisão da mesma.

      No documento da interpelação, o deputado ligado à Federação das Associações dos Operários de Macau (FAOM) mostrou-se preocupado com o crescimento dos jovens na RAEM e a educação que eles recebem através da família e da sociedade. O deputado afirmou que “os prós e os contras do crescimento dos jovens exercem uma influência profunda sobre a futura imagem da sociedade”, considerando que alguns jovens poderão perder-se devido a diversas influências num contexto de abertura e desenvolvimento acelerado do território, podendo enveredar por maus caminhos. Nesse sentido, os pais, a escola, o Governo e a sociedade não podem negligenciar a educação moral e cívica da juventude.

      O deputado recorda ainda o relatório das Linhas de Acção Governativa (LAG) para o Ano Financeiro de 2002 que refere que “a promoção com êxito da educação de qualidade necessita da articulação entre família e a escola” e que “a colaboração entre as partes contribuirá para a criação de um bom ambiente de crescimento para os alunos”. Assim, foi proposto o fortalecimento do mecanismo de colaboração entre a família e a escola”, lê-se na interpelação.

      Lei Chan U notou que a ideia de cooperação entre a família e a escola já foi lançada pelas autoridades há mais de 20 anos, no entanto, não foram revistos os mecanismos relacionados e a eficácia dos trabalhos, nem foi divulgado o plano do seu desenvolvimento no futuro.

      Ademais, o deputado apontou a importância da educação familiar, que é implementada pelos membros da família, nomeadamente aos menores, com a finalidade de promover o bem-estar e o desenvolvimento integral do indivíduo. Pelo facto de o Governo ter estabelecido a Lei de Bases do Sistema Educativo Não Superior, que entrou em vigor em 2006, de forma a promover o desenvolvimento da educação familiar, através da cooperação com os serviços e entidades privadas, Lei Chan U instou o Governo a explicar quais foram os trabalhos implementados e das medidas de reforço.

      Por outro lado, recorde-se também que o Governo tinha proposto incentivar a criação de “associações de pais”, a fim de reforçar o conhecimento mútuo entre pais, escolas e docentes. Citando o Estatuto das escolas particulares do ensino não superior, que estipula que os encarregados de educação devem fazer parte do conselho de administração da escola, introduzindo-os como decisores nas escolas e reforçando a ligação entre a família e a escola, Lei Chan U pede às autoridades que forneçam mais dados sobre a situação de estabelecimento das associações de pais em Macau.

       

       

      PONTO FINAL