Edição do dia

Quinta-feira, 22 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
neblina
21.5 ° C
23.9 °
20.9 °
100 %
3.1kmh
40 %
Qui
23 °
Sex
21 °
Sáb
20 °
Dom
21 °
Seg
20 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Política “Fusão das culturas chinesa e ocidental é uma vantagem única de Macau”

      “Fusão das culturas chinesa e ocidental é uma vantagem única de Macau”

      A afirmação foi proferida pelo Chefe do Executivo da RAEM, Ho Iat Seng, durante a cerimónia de estreia do documentário “Sabor de Macau”, em Cantão. O filme, produzido em conjunto com o China Media Group, servirá para mostrar que “Macau é uma cidade turística segura e adequada para viajar, sendo bem-vindos todos os turistas a experimentar o encanto único e multicultural do território”.

      O Chefe do Executivo de Macau defendeu, durante a cerimónia de estreia do documentário “Sabor de Macau”, em Cantão, que a fusão de culturas chinesa e ocidental é uma vantagem única da região administrativa especial da China. “A criação de uma base de intercâmbio e cooperação que, tendo a cultura chinesa como a predominante, promova a coexistência de diversas culturas é o posicionamento de Macau atribuído pelas linhas gerais do planeamento para o desenvolvimento da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau. A fusão das culturas chinesa e ocidental é uma vantagem única de Macau”, referiu Ho Iat Seng.

      O líder máximo do Executivo local espera agora que a comunicação social chinesa, nomeadamente o China Media Group – que co-produz o filme – ajude na difusão dos elementos “mais maravilhosos, histórias e cultura de Macau em todo o mundo”. “Macau é uma cidade turística segura e adequada para viajar, sendo bem-vindos todos os turistas a experimentar o encanto único e multicultural do território”, notou.

      Por sua vez, o presidente e editor-chefe do China Media Group, Shen Haixiong, admitiu que o lançamento do documentário “constitui uma implementação profunda do espírito do importante discurso proferido pelo secretário-geral Xi Jinping, nas comemorações do 20.º aniversário do regresso de Macau à pátria, de haver um maior alargamento das áreas de cooperação com o Governo da RAEM, sendo outro resultado relevante para o enriquecimento da implementação pelos média do princípio de ‘um país, dois sistemas’”.

      Shen Haixiong afirmou ainda que o China Media Group irá empenhar-se em contar bem a história de Macau na nova era, esforçar-se por uma maior divulgação da execução bem-sucedida do princípio “um país, dois sistemas” com características de Macau e apoiar activamente a integração da RAEM na conjuntura do desenvolvimento nacional.

      Destaque para a assinatura de um acordo entre o China Media Group e a TDM – Teledifusão de Macau para transmissão do documentário, bem como à publicação complementar de livros, produtos audiovisuais e produtos culturais e criativos relacionados.

      Estiveram presentes na cerimónia, a subdirectora do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na RAEM, Yan Zhichan; a secretária para os Assuntos Sociais e Cultura do Governo da RAEM, Elsie Ao Ieong; o membro do comité provincial de Guangdong do Partido Comunista da China, bem como o director do departamento de publicidade do China Media Group, Chen Jianwen, e os membros do conselho editorial, Jiang Wenbo, Peng Jianming, Wang Xiaozhen, entre outros.

      O documentário “Sabor de Macau”, produzido no âmbito das comemorações do 22.º aniversário do regresso de Macau à pátria, foi filmado em alta definição 4K e tem por base pratos culinários para descrever o processo de desenvolvimento da cultura gastronómica de Macau e as histórias por detrás dessa cultura gastronómica. O filme irá estrear no dia 20 de Dezembro, no canal CCTV-9 do China Media Group, tendo transmissão simultânea no China Media Group Mobile e CCTV.COM, e será transmitido para o exterior através da CGTN.