Edição do dia

Terça-feira, 25 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nublado
29.8 ° C
29.8 °
29.8 °
83 %
6.2kmh
100 %
Ter
30 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioPolíticaPereira Coutinho de fora da lista de deputados na Comissão Eleitoral do...

      Pereira Coutinho de fora da lista de deputados na Comissão Eleitoral do Chefe do Executivo

      O deputado de origem goesa é o único dos 23 que mostraram interesse em fazer parte da lista a não conseguir integrá-la. Aos jornalistas disse estar “sereno”, uma vez que esta não é a sua função “primordial”. O seu colega de bancada, Che Sai Wang, vai fazer parte da comissão.

       

      O deputado eleito pela Nova Esperança, José Pereira Coutinho, foi o único dos 23 nomes que se propuseram a fazer parte da lista de deputados da Assembleia Legislativa (AL) para a Comissão Eleitoral do Chefe do Executivo que não foi eleito. Apenas obteve 17 votos dos seus comparsas de hemiciclo, num acto único ontem realizado pelo hemiciclo. O caloiro e companheiro de bancada, Che Sai Wang, com mais dois votos, foi o último a entrar.

      No final da votação, apesar do semblante carregado, Pereira Coutinho disse aos jornalistas estar muito tranquilo, desdramatizando a situação. “Para mim é igual. As minhas funções são as de deputado e é por isso que a população votou em mim. Estou sereno”, referiu, mostrando-se feliz pelo facto de Che Sai Wang ter conseguido o último lugar elegível.

      Deputado desde 2005, o também presidente da direcção da Associação Trabalhadores Função Pública Macau (ATFPM) era um dos nomes que tinha possibilidade de eleger o líder máximo da RAEM desde 2019, mas não guarda mágoa por ter perdido essa faculdade. “Não estou desiludido. Esta não é a minha função primordial. Fui eleito para defender os interesses da população de Macau. Estou satisfeito com a eleição do meu colega de bancada. É igual”, refere, afastando qualquer tipo de mudança no ambiente político de Macau.

      O parlamentar não quis comentar o facto de poder estar a ser prejudicado por se apresentar como sendo uma voz pró-democrata, mas também afastou o facto da sua nacionalidade ser um empecilho. “Não, de maneira nenhuma. O meu colega também é português”, concluiu assegurando que a AL fica bem representada.

      Dos 23 nomes inscritos para votação, Song Pek Kei, Zheng Anting, Wong Kit Cheng, Leong Sun Iok, Ron Lam, Ma Io Fong, Ella Lei, Che Sai Wang, Lo Choi In, Ngan Iek Hang e Lei Leong Wong são os representantes do sufrágio directo; Vong Hi Fai, Chan Iek Lap, Angela Leong, Ip Sio Kai, Lam Lon Wai, Lei Chan U e Ho Ion Sang representam o sufrágio indirecto; e Chan Hou Seng, Ma Chi Seng, Pang Chuan e Iau Teng Pio foram os únicos deputados nomeados pelo Chefe do Executivo que vão estar na lista.

      José Pereira Coutinho, como já se disse acima, fica de fora. Ficam de fora também, mas por opção, os eleitos por sufrágio directo Si Ka Lon e Leong Hong Sai; os eleitos por sufrágio indirecto Kou Hoi In e Chui Sai Cheong – presidente e vice-presidente da AL, respectivamente –, Chan Chak Mo, José Chui Sai Peng e Wang Sai Man; bem como os nomeados Wu Chou Kit, Cheung Kin Chung, Kou Kam Fai.

      Alguns destes nomes que ficaram de fora, por inerência das suas funções, também estarão presentes na Comissão que elege o Chefe do Executivo da RAEM. Si Ka Lon e José Chui Sai Peng, por exemplo, são deputados da Assembleia Popular Nacional. Já Kou Hoi In ou Chui Sai Cheong, tem os mais altos cargos do parlamento local.

      Recorde-se que o novo elenco da AL tomou posse no passado mês de Outubro. A sétima legislatura (2021 a 2025) da Região Administrativa Especial de Macau arrancou depois dos resultados revelados pelas eleições legislativas de 12 de Setembro, marcadas pela exclusão de candidatos considerados de movimentos pró-democracia. O escrutínio ficou marcado por uma abstenção recorde e uma taxa de afluência de 42,38%.

       

      PONTO FINAL