Edição do dia

Quarta-feira, 28 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
15.9 ° C
18.9 °
15.9 °
77 %
2.1kmh
40 %
Qua
20 °
Qui
21 °
Sex
17 °
Sáb
15 °
Dom
20 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Cultura “Viagem por Portugal e Guiné-Bissau” em exposição de fotografia

      “Viagem por Portugal e Guiné-Bissau” em exposição de fotografia

      Quatro fotógrafos de Macau, em espírito aventureiro, fizeram uma viagem no final de 2019 que passou pela Guiné-Bissau e Portugal, incluindo as ilhas autónomas. O resultado desse périplo são 60 fotografias quês poderão ser vistas até 14 de Novembro na livraria Plaza Cultural Macau. Cheong U, ex-secretário para os Assuntos Sociais e Cultura do Governo da RAEM, é um dos autores e conversou com o PONTO FINAL.

       

      Uma exposição de fotografia promovida pela Associação dos viajantes de Macau revela um total de 60 fotografias captadas por Cheong U, Kong Iu Lam, Tam Keng e Luís Ieong em Portugal, incluindo as regiões autónomas dos Açores e da Madeira, e Guiné-Bissau, numa viagem realizada em Outubro de 2019, pouco tempo antes de eclodir a pandemia de Covid-19 e que tantas restrições agora causa.

      A mostra “Viagem por Portugal e Guiné-Bissau”, que terá 15 fotografias de cada fotógrafo, foi inaugurada na passada sexta-feira e estará patente, das 11h às 20h, até ao dia 14 de Novembro na livraria Plaza Cultural Macau, situada na Avenida do Conselheiro Ferreiro de Almeida, 32G, no centro da cidade de Macau.

      “Estou muito feliz. A viagem foi uma grande experiência para nós. E tivemos sorte que tudo correu muito bem”, disse ao PONTO FINAL, Cheong U, ex-secretário para os Assuntos Sociais e Cultura do Governo da RAEM de 2009 a 2014, e um dos autores.

      O fotógrafo explicou que gostariam de mostrar a exposição durante o Festival de Artes e Cultura entre a China e os Países de Língua Portuguesa, mas não foi fácil encontrar um local disponível para a exposição nessa altura, pelo que optaram por realizar o evento na livraria Plaza Cultural Macau.

      Cheong U, que também foi Comissário Contra a Corrupção de 1999 a 2009, conhece bem Portugal, e “a cada estadia, fica sempre muito contente” por estar no país. O grupo dos quatro passou pela cidade de Ponta Delgada, nos Açores, e pelo Funchal, na Madeira. Ainda tiveram tempo para explorar Lisboa e arredores, com passagem por Sintra, onde comtemplaram o pôr-do-sol no Cabo da Roca, por Cascais e pela vila de Óbidos.

      Já sobre a Guiné-Bissau, país que visitou pela primeira vez, o antigo governante referiu ter deixado “uma grande impressão”. “Vale mesmo a pena visitar. Gente simpática, paisagens maravilhosas, comida meio parecida com a portuguesa, clima de Outono e praias. Foi bom. O que gostei mais foi das pessoas e das paisagens”, afirmou ao nosso jornal.

      Em jeito de provocação, o PONTO FINAL questionou o antigo integrante do Governo da RAEM sobre se seria mais fácil governar ou fotografar. Cheong U, num tom diplomata, afirmou que “são fases diferentes da vida, mas ambas igualmente boas”. “Foi uma grande oportunidade ter servido a população de Macau enquanto governante. Agora, estou numa fase em que voltei a ser uma ‘pessoa normal’, que dedica o tempo livre a fotografar e a viajar, por exemplo. Posso dizer que tenho sorte e, na verdade, tive muita sorte em ter servido a população de Macau”.

      A aventura teve o apoio de Chan Meng Kam, enquanto cônsul honorário da Guiné-Bissau em Macau, assim como do Comissariado do Ministério dos Negócios Estrangeiros da República Popular da China em Macau e da Secretaria de Estado da Cultura da Guiné-Bissau, entre outras individualidades de Macau como António Estácio e o arquitecto Carlos Moreno. “Todos deram uma grande ajuda”, notou ainda Cheong U, que actualmente ainda exerce funções de conselheiro na Conferência Consultiva Política do Povo Chinês (CCPPC).

       

      PONTO FINAL