Edição do dia

Terça-feira, 25 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens quebradas
30.4 ° C
30.4 °
30.4 °
78 %
6.5kmh
83 %
Ter
30 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioPolíticaHo Iat Seng ouviu membros de Macau do CCPPC para preparar as...

      Ho Iat Seng ouviu membros de Macau do CCPPC para preparar as LAG

       

      O Chefe do Executivo encontrou-se ontem com os membros de Macau no Comité Nacional da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês (CCPPC) para preparar as Linhas de Acção Governativa LAG) para 2022. Os temas em foco foram a Zona de Cooperação Aprofundada entre Guangdong e Macau em Hengqin, o estímulo à economia local e o apoio às pequenas e médias empresas.

      Segundo um comunicado divulgado pelo Governo na noite de ontem, o membro permanente do Comité Nacional do CCPPC, Ma Iao Lai, lembrou que na Zona de Cooperação Aprofundada é aplicado o sistema de negociação, construção e administração conjuntas e partilha de resultados entre Guangdong e Macau, sugerindo que, sob a liderança da Comissão de Gestão, fossem criados organismos de consulta para diferentes domínios, os quais integrariam representantes do governo, profissionais, especialistas e académicos.

      Já Liu Chak Wan indicou que as pequenas e médias empresas não conseguem tomar iniciativa para o desenvolvimento diversificado e, por isso, sugeriu que o Governo defina a direcção de desenvolvimento e assuma o papel de liderança para a participação das pequenas e médias empresas e promover, conjuntamente, o desenvolvimento diversificado e sustentável.

      Além disso, os membro do Comité Nacional do CCPPC, Chui Sai Cheong, Lao Nga Wong, Suen Yan Kwong, Ho Ion Sang ,Cheong Meng Seng e Vong Hin Fai apresentaram opiniões e sugestões sobre a construção da Zona de Cooperação Aprofundada, o impulso da economia local, os serviços financeiros com características próprias, o desenvolvimento da indústria de alto nível, o apoio às PME, a exploração dos recursos turísticos, a definição das políticas para atrair quadros qualificados, o desenvolvimento saudável do sector de jogo, os trabalhos de prevenção e controlo da pandemia, bem como o bem-estar da população, a política da habitação e o aumento da conhecimento da população sobre a Constituição e a Lei Básica, entre outros temas.

      Ho Iat Seng garantiu que as sugestões serão tidas em conta e, quanto a Hengqin, revelou que o mecanismo do sistema de negociação, construção e administração conjuntas e partilha de resultados entre Guangdong e Macau na Zona de Cooperação Aprofundada deverá estar a funcionar em 2024. O Chefe do Executivo também salientou o impacto da pandemia na economia de Macau e o facto da actual taxa de vacinação em Macau ser ainda relativamente baixa. Reiterou que se devem executar bem os trabalhos de prevenção e controlo da pandemia, elevar a taxa de vacinação, para criar condições à revitalização do sector de turismo local. Disse esperar que os membros do CCPPC apoiem os trabalhos de prevenção e controlo da pandemia desenvolvidos pelo governo e apelem à vacinação.

      André Cheong, secretário para a Administração e Justiça, também esteve na reunião e disse que o Governo está a elaborar um novo plano de captação de quadro qualificados, esperando-se atrair quadros altamente qualificados de todo o mundo para participarem na construção da Zona de Cooperação Aprofundada, reservando-se também espaço para que os jovens de Macau participem e se desenvolvam profissionalmente. Lei Wai Nong, secretário para a Economia e Finanças, salientou que Macau continua a ser procurado como um destino turístico.

       

      PONTO FINAL

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau