Edição do dia

Sexta-feira, 14 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
29.2 ° C
30.9 °
28.9 °
94 %
3.6kmh
40 %
Sex
29 °
Sáb
30 °
Dom
30 °
Seg
30 °
Ter
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioPolíticaHo Iat Seng ouve representantes de Macau à Assembleia Popular Nacional para...

      Ho Iat Seng ouve representantes de Macau à Assembleia Popular Nacional para preparar as LAG

      O Chefe do Executivo encontrou-se ontem com os 12 representantes de Macau à Assembleia Popular Nacional (APN) para auscultar as suas opiniões e sugestões no âmbito da elaboração das Linhas de Acção Governativa (LAG) para o ano de 2022.

      Segundo um comunicado divulgado pelo Governo, Lao Ngai Leong começou por falar da zona de cooperação Macau-Guangdong em Hengqin, sugerindo que o Governo eforce a cooperação com o governo de Guangdong e participe profundamente no estudo e na elaboração das propostas das leis, para que as mesmas sejam mais adequadas ao desenvolvimento, elabore um plano relativo à passagem fronteiriça do Posto Fronteiriço de Hengqin no caso de uma situação epidémica instável em Macau e aperfeiçoe o mecanismo de trabalho da parte de Macau na Comissão Executiva. Lao Ngai Leong propôs também a identificação através dos dados biométricos na passagem fronteiriça.

      Kou Hoi In propôs que, para minimizar o impacto da pandemia, o Executivo incentive a procura interna, optimize o ambiente de negócios e aumente a confiança das PME para que haja recuperação económica. O presidente da Assembleia Legislativa sugeriu também uma maior promoção turística de Macau no interior da China. Chui Sai Peng considerou necessário reforçar as instalações auxiliares das infra-estruturas turísticas e promover a recuperação económica de Macau.

      Ng Siu Lai, Ho Sut Heng, Lok Po, Paula Ling, Si Ka Lon, Iong Weng Ian, Sio Chi Wai, Lai Sai Kei, e Kevin Ho abordaram temas que desde os serviços sociais, infra-estruturas complementares de transporte, fluxo de capital e articulação dos regimes de tributação na Zona de Cooperação Aprofundada, melhoraria do trabalho de prevenção e controlo da pandemia, elevar a eficiência administrativa, legislativa e o nível de governação, reforçar a construção do governo digital e apoio ao sector cultural, por exemplo.

      Ho Iat Seng garantiu que o Governo irá analisar e estudar as sugestões dos representantes de Macau na APN, servindo de referência aquando da elaboração das LAG para o próximo ano das diferentes áreas.

       

      PONTO FINAL

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau