Edição do dia

Quinta-feira, 22 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
neblina
21.5 ° C
23.9 °
20.9 °
100 %
3.1kmh
40 %
Qui
23 °
Sex
21 °
Sáb
20 °
Dom
21 °
Seg
20 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Política Ella Lei e Leong Sun Iok pedem mais esforço para combater o...

      Ella Lei e Leong Sun Iok pedem mais esforço para combater o emprego ilegal

      As autoridades anunciaram que os casos 74 e 75 de infecção confirmada por SARS-CoV-2 são de dois trabalhadores vietnamitas que se encontravam ilegais no território. Num comunicado de imprensa enviado às redacções na passada sexta-feira, os deputados da Assembleia Legislativa (AL) Ella Lei e Leong Sun Iok, recentemente reeleitos pela lista União Para o Desenvolvimento, disseram que muitas pessoas, especialmente ligadas à indústria da construção civil, têm-se queixado da gravidade do emprego ilegal em Macau, “que não só perturba a ordem do mercado de trabalho e mina os direitos laborais da população local, como também constitui um risco potencial para a prevenção da pandemia”.

      Os parlamentares consideram “duvidoso” que estas pessoas tenham sequer participado nas testagens de ácido nucleico em massa, “o que poderá acrescentar algumas incertezas à prevenção e controlo da pandemia”. Ella Lei e Leong Sun Iok esperam, agora, que o Governo intensifique as inspecções para refrear estes actos ilegais e investigar se existem outros imigrantes ilegais associados.

      De acordo com números oficiais, 400 trabalhadores suspeitos de serem ilegais foram interceptados entre Janeiro e Agosto deste ano através de inspecções a estaleiros de construção, edifícios privados, instalações comerciais e estabelecimentos industriais. Os deputados falam mesmo em “problema persistente”. Por exemplo, a indústria da construção, como a renovação, tem sido acusada de ter muitos empregados ilegais, e se não fosse a confirmação da doença, não se saberia do problema de forma pública.

      Ella Lei e Leong Sun Iok são da opinião que a economia está em declínio e o emprego é uma questão difícil. “O problema do emprego ilegal teve um impacto ainda maior no mercado de trabalho. Para além da necessidade de o Governo criar postos de trabalho e de ajudar a igualar os desempregados, o Governo é também instado a intensificar os seus esforços para combater o emprego ilegal e proteger o emprego dos empregados locais”, disseram ainda os deputados da União Para o Desenvolvimento.

      O custo da violação da lei é aparentemente muito baixo em comparação com o lucro obtido com o emprego de trabalhadores ilegais, acusam os dois deputados. “Infelizmente, face a anos de descontentamento e dúvidas da comunidade, o Governo ainda não alterou a lei para preencher as lacunas do articulado e do mecanismo, e não há um progresso claro e um calendário de conclusão da legislação”, defendem ainda os parlamentares que exortaram o Governo a intensificar as inspecções regulares e a aplicação da lei.