Edição do dia

Quinta-feira, 22 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
neblina
21.9 ° C
25.4 °
20.9 °
100 %
3.1kmh
75 %
Qui
23 °
Sex
21 °
Sáb
20 °
Dom
21 °
Seg
20 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Economia Banco da China estabelecerá subsidiária separada em Macau

      Banco da China estabelecerá subsidiária separada em Macau

      O Banco da China (BOC) anunciou ontem que vai estabelecer uma subsidiária integral na RAEM deslocando para esse efeito um total de 13 mil milhões de patacas em capital social. A nova sucursal terá principal enfoque no apoio ao desenvolvimento da área da Grande Baía e promoção do sector financeiro local, referiu a instituição bancária em nota de imprensa. “Com esforços conjuntos, irão fazer com que o negócio do banco cresça cada vez mais e mais forte em Macau”, acrescentou o BOC na mesma nota.
      De acordo com o banco estatal chinês, a Comissão Reguladora de Bancos e Seguros da China e o Executivo liderado por Ho Iat Seng já concederam autorização para o estabelecimento do banco, no entanto, ainda são necessárias aprovações adicionais das autoridades reguladoras relevantes.
      O Conselho de Administração do BOC já havia autorizado o estabelecimento da subsidiária em Junho de 2019, mas como havia “incertezas” quanto ao investimento de capital total, o banco decidiu suspender a divulgação do investimento e concluiu o registo interno e a aprovação procedimentos. O BOC indicou que deterá 100 por cento do novo banco.
      Recorde-se que o BOC Macau detém uma licença bancária completa e fornece serviços bancários corporativos, bancários pessoais e serviços financeiros relacionados na RAEM, sendo a maior sucursal do BOC no exterior, para além de, a par do Banco Nacional Ultramarino, ser banco emissor de moeda no território.
      A representação do Banco da China em Macau, anteriormente conhecida como Banco Namtong de Macau, foi criada pelo empresário Zhuang Shiping em Junho de 1950 e renomeada formalmente como sucursal do Banco da China em Macau em 1987, tornando-se a nona sucursal no estrangeiro do BOC.
      No final de 2020, o BOC Macau tinha 36 agências espalhadas pelo território e empregava mais de 1800 pessoas. O banco, que viu em 2020 o número de transacções bancárias móveis aumentar 150 por cento, lida com activos totais de quase 800 mil milhões de patacas.

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau