Edição do dia

Quinta-feira, 29 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
15.9 ° C
17.9 °
15.9 °
88 %
3.1kmh
40 %
Qui
21 °
Sex
17 °
Sáb
16 °
Dom
20 °
Seg
22 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Sociedade IFT dá as boas-vindas a 490 novos estudantes com cerimónia ‘online’ ...

      IFT dá as boas-vindas a 490 novos estudantes com cerimónia ‘online’  

      O Instituto de Formação Turística (IFT) deu as boas-vindas a 490 alunos que se inscreveram na instituição de ensino superior para este ano lectivo. Fanny Vong, presidente do IFT, endereçou “calorosas saudações” aos jovens e pediu-lhes para mostrarem “um forte sentido de responsabilidade e missão”.

      O Instituto de Formação Turística (IFT) realizou a sua Cerimónia de Orientação 2021/2022 para os estudantes novos, em formato online, na sexta-feira passada, como medida preventiva contra o risco de infecção pela Covid-19. Na ocasião foi mostrado um vídeo de uma cerimónia de hasteamento da bandeira chinesa, como parte do evento.

      Durante a cerimónia, a presidente do IFT, Fanny Vong, ofereceu “as suas mais calorosas saudações” aos 490 novos estudantes inscritos, que foram encorajados a demonstrarem “um forte sentido de responsabilidade e missão”. Referiu também que o instituto vai esforçar-se por continuar a melhorar a educação que proporciona para que os estudantes estejam completamente equipados para aproveitar as oportunidades e superar os desafios trazidos pelo modelo “Internet + turismo”.

      No seu discurso, a presidente do IFT assertou que este paradigma, a que denominou de ‘Internet+’, tem-se tornado hoje em dia um factor chave para o impulsionamento da recuperação da indústria do turismo, visto que a economia mundial, nomeadamente o sector do turismo, tem vindo a sofrer uma transformação “significativa e rápida”, impulsionada pela situação pandémica. Destacou ainda conceitos como ‘Turismo Inteligente’, ‘Comércio Retalhista Inteligente’ e ‘Hotel Inteligente’, como tecnologia digital com a capacidade de promover a resiliência do sector.

      O IFT, que pretende manter-se relevante com os tempos e em termos de modelos de desenvolvimento da indústria, lançou recentemente uma instalação chamada ‘iRetail Lab’, que é uma plataforma de formação para a educação prática nos domínios da gestão do comércio a retalho e do marketing, refere um comunicado da instituição. Ao mesmo tempo, o IFT tem vindo a trabalhar num novo programa de pós-graduação em tecnologias inteligentes relacionadas com a hotelaria e o turismo, e como vários programas de licenciatura estão a ser melhorados.

      Como grande prioridade, o instituto visa poder oferecer aos seus alunos “os conhecimentos mais recentes e as competências inovadoras” para proporcionar-lhes a melhor posição competitiva no mercado de trabalho.

      Este ano lectivo o IFT vai acolher a primeira admissão para o Programa de Bacharelato em Gestão do Património, depois de ter sido melhorado o seu currículo. De momento, além de os alunos estudarem a conservação do Património Cultural, foram incluídos elementos no campo das indústrias culturais e criativas, para melhor ajudá-los a atingirem o objectivo de alargar os seus horizontes e alargar as suas opções de carreira.

      Também prestes a ser lançado este ano académico está um programa de pós-graduação que conduz a um mestrado em Gestão Gastronómica Internacional, “com o objectivo de cultivar talentos altamente qualificados para a nossa cidade, que é considerada Cidade Criativa da Unesco em Gastronomia”.

      No comunicado do IFT é também referida a meta de se expandir a rede global de parceiros do instituto. Recorde-se que as ligações actuais com mais de 100 instituições de ensino superior e outras organizações relacionadas com o turismo mundial, tanto como os “fortes laços” estabelecidos com mais de 600 empresas líderes de turismo e hospitalidade, oferecem oportunidades de estágio para o corpo de estudantes.

      Para alem disso, o IFT oferece programas de formação em cooperação com a Organização Mundial do Turismo (UNWTO), proporcionando aos funcionários e profissionais de turismo de todo o mundo “um aperfeiçoamento dos seus conhecimentos e competências”, destaca o organismo. Desde 2019, após a cerimónia de lançamento da Base de Educação e Formação Turística para a Área da Grande Baía de Cantão, Hong Kong e Macau, baseada na IFT, foram estabelecidos centros de colaboração em várias cidades – incluindo Zhuhai, Guangzhou e Foshan – como parte do esforço para elevar os padrões dos profissionais de turismo na Área da Grande Baía, bem como para promover intercâmbios e interacções internacionais no sector.

      Como instituição pública de ensino superior baseada em Macau, o IFT afirma que continuará a cultivar talentos, equipados com conhecimentos e competências profissionais, para a indústria turística local, ao mesmo tempo que adopta um “espírito pioneiro” na exploração de novas oportunidades e na expansão do âmbito do seu trabalho.